1 2 3 4 5 6

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Rota dos Alpes na Alemanha

Um dos trajetos mais conhecidos da Alemanha, é a Rota Romântica, que fizemos durante 4 dias. Leia o post "Rota Romântica na Alemanha, roteiro de 5 dias com dicas de hospedagens e passeios"para conhecer todos os detalhes desse trajeto.
Conjugamos o roteiro pela Rota Romântica, com o roteiro pela Rota dos Alpes na região sul da Alemanha, pois conseguimos fazer a Rota Romântica com menos tempo do que o previsto. Os dois roteiros se interligam na região de Füssen e Wieskirche, e após continuam por belas paisagens dos alpes e lagos. Nós tivemos pouco tempo para conhecer a região, foram três dias e duas noites de hospedagem, considerando o dia que as duas rotas se sobrepõem, e após seguimos para Munique. Se você tiver disponibilidade, reserve pelo menos quatro dias para esse trajeto e inclua a região de Lindau, que parece ser linda.
Nosso trajeto:



Dia 01 -  Wieskirche - Füssen - Schloss Lindenhof em Ettal
Saímos cedo do hotel em Rottenbuch, com destino para a Wieskirche, Patrimônio Cultural da Unesco. Na região sul, a paisagem é completamente diferente com campos e os alpes ao fundo. Wieskirche é uma igreja considerada obra prima da arquitetura da Alemanha no século XVIII, obra de Dominikus Zimmermann. A igreja foi concluída em 1754 em um local onde a mulher de um fazendeiro havia visto lágrimas de uma estátua de cristo. A igreja é muito visita por turistas e peregrinos. Olhando de fora aparenta uma igreja comum, mas ao entrar ficamos surpresos com seu belíssimo interior. 
Conhecida a igreja seguimos para Füssen visitar o tão comentando Castelo de Neuschwainstein. Ficamos um pouco decepcionados com a desorganização e quantidade de turistas no castelo, mas é muito bonito. Leia "Castelo Neuschwainstein: dicas práticas para conhecer o castelo e outros passeios para fazer no mesmo dia". Fomos conhecer o centro da cidade, e também os lagos.
Seguimos em direção à Áustria para a cidade alemã de Ettal, onde fica  o maravilhoso Castelo Linderhof. Infelizmente chegamos no final do dia, e a bilheteria já estava fechada. Foi possível conhecer apenas a área externa do castelo e saímos de lá encantados com a beleza do local. Sem sombra de dúvida, muito mais bonito que o Castelo Neuschwainstein, na nossa opinião. 
Fomos então para Oberammergau, para procurar hospedagem e continuar o roteiro.
Hotel: Gasthaus zum Stern em Oberammergau- 80 Euros com café da manhã
Dia 02 -  Oberammergau - Gärmish-Partenkirchen -Walchensee
Aproveitamos as primeiras horas da manhã para passear pela cidade e ver os lindos casarões decorados - leia "Oberammergau, a famosa cidade das casas decoradas na Alemanha", para conhecer mais a cidade. 

Seguimos então para Garmish-Partenkirchen, onde fomos conhecer o Zugspitze, o ponto mais alto da Alemanha, com 2.962m de altura. Antes de subir ao Zugspitze aproveite para passear pelas cidades gêmeas de Garmisch e Partenkirchen, às margens do riacho Partnacher. As cidades são grandes centros de esportes de inverno. Mas mesmo no verão, como foi o caso da nossa viagem, foi possível brincar na neve no Zugspitze. Leia "Zugspitze, o ponto mais lato da Alemanha: diversão no inevrno e verão"para conhecer todos os detalhes desse passeio, como custo de ingresso, atividades e tempo.
Após aproveitar as belezas da paisagem do Zugspitze, seguimos para Walchensee, para conhecer a região dos lagos. Walchensee está localizado  a 802m acima do nível do mar e está entre os lagos mais bonitos da região da Bavieira. No verão, o lago é utilizado como "praia"pelos alemães e o local oferece atividades de pesca, natação, windsurfe, caiaque, entre outras. A paisagem é muito bonita. Uma sugestão de atividade é um passeio pelo teleférico Herzogstandbahn, que liga a ponta norte da vila de Walchensee ao topo do Herzogstand, oferecendo lindas vistas da paisagem e arredores. Infelizmente não tivemos tempo para esse passeio. 
Outra cidade, com paisagem semelhante é Kochel am See e vale o passeio para apreciar as paisagens. 
Seguimos para Tegernsee, a procura de hospedagem.
Hotel: GastHof Weidenau em Tegernsee - 70 Euros com café da manhã.
Dia 03 -  Tegernsee - Bad Tölz -Munique
Acordamos e  pela primeira vez em quase duas semana amanheceu chovendo, o que limitou um pouco os passeios. Fomos conhecer Tegernsee, que é outra cidade banhada por um lindo lago de mesmo nome. O lago é rodeado por encostas com bosques e montanhas que chegam em direção a fronteira com a Áustria. É um dos lagos de montanha mais famosos da região, recebendo hóspedes com maior poder aquisitivo para férias e veraneio. A cidade possui boas opções de serviços e comércio. Como chovia muito, conhecemos um pouco da cidade, passeando de carro e paramos em alguma lojas para comprar souvenirs.
Bad Tölz, é outra cidade, mas banhada pelo rio Isar. Em um dos lados da cidade fica o centro histórico e no outro uma área de spa. A cidade pareceu muito agradável para um passeio.
Como o tempo não colaborou, seguimos viagem para Munique. Sobre Munique, escrevi o post "Munique | Porque eu não gostei da cidade e o que vale a pena visitar", leia para ver nossa programação e opinião sobre os passeios que fizemos.
Hotel: Ampervilla Hotel em Munique- 69 Euros com café da manhã. Leia "Onde se hospedar para visitar Munique | Ampervilla Hotel" para ler nosso relato de hospedagem sobre o hotel.
Dia Extra - Lindau
Se você possuir um dia a mais para aproveitar a Rota dos Alpes e Lagos, visite Lindau. Nós não tivemos tempo suficiente, mas tudo o que eu li sobre o local, me encantou. Lindau é um ótimo ponto, para o início do roteiro. O balneário está localizado em uma ilha na margem norte do lago Constança. O seu auge, na idade média, ocorreu em função do forte comércio com a Itália, do outro lado dos Alpes.
Assim como o roteiro anterior, adoramos a região. Infelizmente o tempo não colaborou no último dia, o que fez com que voltássemos antes para Munique. As paisagens são bastante diferentes da Rota Romântica, principalmente se comparando com a parte norte do trajeto. Na Rota dos Alpes, você vai ficar surpreso com as belezas dos lagos, alpes, montanhas e bosques.


Para ler todos os posts sobre a Alemanha, clique aqui. Para acompanhar nossas fotos no Instagram, nos siga no @Fran_agnoletto ou na hashtag #ViagensqueSonhamosnaAlemanha
Outros posts sobre a Alemanha:
* Alemanha com criança | Roteiro de 13 dias conhecendo 28 cidades
* Rota Romântica | Roteiro de cinco dias com dicas de passeios e hospedagem
* Rothenburg ob der Tauber, a cidade mais bonita da Rota Romântica
* Oberammergau, a famosa cidade das casas decoradas
* Munique | Porque eu não gostei da cidade e o que vale a pena visitar
* Onde se hospedar para visitar Munique
* Bamberg | Roteiro de passeio a pé para conhecer a cidade
* Dresden, roteiro de um dia na cidade
* Nuremberg | O que fazer, onde ficar, o que comer e outras dicas
* Castelo Neuschwainstein: dicas práticas para conhecer o castelo e outros passeios para fazer no mesmo dia
* Zugspitze, o ponto mais alto da Alemanha. Diversão no inverno e verão
* Berlim em família, roteiro de três dias pela cidade
* Berlim com criança | Quando ir, onde ficar e como se deslocar
* Playmobil Fun Park | Parque temático na Alemanha
* 15 fatos que descobri sobre a Alemanha e os alemães
* Folklorehof, um hotel com a cara das casinhas alemãs
* Onde comprar chip de internet e telefone na Alemanha
Quer reservar hotel na Alemanha?
Use o banner localizado na lateral direita dessa página, ou esse link aqui. Reservando seu hotel através da nossa página você não paga nada a mais por isso, tem a garantia de menor preço do Booking.com e ainda fornece uma pequena comissão para o blog.
Procurando carro para alugar na Alemanha?
Use o banner localizado na lateral direita dessa página, ou esse link aqui. Reservando seu carro através da nossa página e Rentcars, você não paga nada a mais por isso, e ainda fornece uma pequena comissão para o blog. Nós já experimentamos o serviço e aprovamos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Booking.com
Viagens que Sonhamos © 2016 - Todos os direitos reservados.