1 2 3 4 5 6

sexta-feira, 13 de junho de 2014

Seguro de Viagem: MIC, a experiência da Sabrina

Continuando a série de posts sobre seguro de viagem, hoje publicamos relato sobre a MIC. A família da Sabrina Mendonça, autora do blog Viajar e Comer, levou um susto durante a viagem e ela nos conta como foi o atendimento da MIC.

Qual o destino da viagem e quando foi realizada?
Foi para os Estados Unidos: Orlando, Miami e NY, realizada em novembro de 2008.

Qual o seguro contratado e porque?
Minha agente de viagens indicou o MIC, pois estava com excelente custo benefício e ela me falou que o atendimento era rápido.
Onde adquiriu, online, por agência ou outra maneira? Lembra o valor?
Agência de viagem. 
Não, faz tempo, mas foi bem mediano…Comprei o de $25.000 de despesas médicas, tinha um mais em conta de $12.000, e outro superior de $50.000. Optei pelo intermediário.

Como foi o primeiro contato com o seguro, durante a viagem? Via telefone? Se sim, o atendimento foi em português ou na língua local?
Estávamos em um restaurante e meu pai desmaiou. Logo já estávamos na ambulância, sendo levados para o hospital mais próximo. 
Lá chegando liguei no 0800 do seguro e fui atendida em português e a atendente foi me mantendo calma e me perguntando tudo. Depois pediu para falar com alguém do hospital. Passei a ligação e eles receberam a autorização. Nossa agente de viagens foi informada e logo me ligou para saber como estava seno o atendimento.
O melhor de tudo, foi que o meu pai estava sendo atendido independente de caução ou qualquer outra coisa exigida por muitos hospitais e planos.


Qual a orientação recebida?
Devido a emergência, preenchemos uma ficha e o médico teve que confirmar o desmaio. Apenas isso, simples e sem burocracia.

Tiveram que se deslocar até o hospital ou centro clínico? Ou o médico veio até o local de hospedagem?
Fomos de ambulância, pois meu pai estava desacordado.

Como foi o atendimento médico?
O atendimento foi excelente. A princípio no separaram, minha mãe entrou com meu pai e eu fui direcionada para o setor administrativo do hospital, para resolver o seguro. Me deram água com açúcar e já me passaram o telefone.

Voltaria a viajar com esse seguro? 
Com toda a certeza, como já fiz todos esses anos desde 2008. A MIC é sempre nossa parceira de viagens.
Quando retornamos, recebemos um formulário e contato para explicações finais e avaliação do atendimento. Hoje a MIC é associada da Coris.

Obrigada Sabrina, pelo depoimento!! Já tivemos um  relato de ótimo atendimento da Coris, e como as duas empresas são associadas devem manter o mesmo nível de atendimento, não é?

Para ler os outros post dessa série, clique nos links abaixo:

Visa Platinum: a experiência do Milton

Coris: a experiência da Mariah


3 comentários:

  1. Olá,
    Sim acredito que o padrão deles seja o mesmo. Fico feliz em ajudar com algo tão importante em nossas viagens. Super beijo!

    ResponderExcluir
  2. Você pode ter tido sorte. Eu vou viajar e estou pesquisando seguros de viagens, e eu já vi reclamações sobre a MIC informando que ela não atende os clientes no exterior quando eles precisam.

    ResponderExcluir

Booking.com
Viagens que Sonhamos © 2016 - Todos os direitos reservados.