1 2 3 4 5 6

domingo, 8 de março de 2015

Foz do Iguaçu, roteiro de 5 dias com criança


Mais um relato para a tag Viajando com o Leitor. Quem participa hoje, contando as aventuras de sua família em Foz de Iguaçu é a Érika Frossard Bastos. Obrigada Érika, por compartilhar com a gente seu roteiro.
"Essa viagem a Foz do Iguaçu começou a ser planejada em agosto de 2014. Confesso que sou a “freak” do planejamento de viagem (nossas viagens começam a ser sonhadas/preparadas até anos antes) e acho essa fase uma grande curtição! O fato é que esse planejamento antecipado acabou nos permitindo economizar bastante, tanto no voo quanto na hospedagem. 
Apenas como uma referência, conseguimos uma promoção no Hotel Bourbon Cataratas Resort, pagando R$ 2 mil por 4 diárias (reserva feita em agosto/14, no Booking, sem pagamento antecipado). Algumas semanas antes de viajarmos, por curiosidade, conferimos as taxas no mesmo site  e estava lá: R$ 7 mil!! Sabemos que nem sempre planejar com antecedência é garantia de preços mais baixos, pois há muitas ofertas de última hora, mas nesse caso, foi excelente!
Viajamos eu, marido e filhos: Antonio com 5 anos e Joaquim com 3 anos. Ainda encontramos minha irmã, cunhado e sobrinhos (10 e 9 anos) por lá.
Fizemos o voo Guarulhos – Foz do Iguaçu no sábado de manhã pela Gol. Como não tínhamos experiência em viajar por essa companhia, eu estava bem apreensiva. Mas tudo correu bem. De fato, não há entretenimento, tampouco serviço de bordo (há opções de lanche mediante pagamento), mas como o voo era bem curto, não sentimos falta de nada (os lanchinhos trazidos de casa foram mais que suficientes). Achei o serviço simpático.
As crianças com o Cascão no hotel

O hotel: Optamos pelo Bourbon Cataratas Resort e não nos arrependemos. A diária incluía meia pensão para adultos e pensão completa para as crianças (com lanchinho no meio da tarde). O hotel não é novíssimo nem luxuoso, mas a comida é boa, tem uma monitoria bacana (meus filhos não ficam sozinhos com os monitores, mas vi muitas crianças que passavam o dia participando das atividades e pareciam bem felizes!), piscina infantil e clubinho com a temática da Turma da Mônica (uma vez por dia os personagens aparecem e interagem com as crianças – uma festa!). Os pequenos curtiram demais. Havíamos cogitado ficar num hotel com menos estrutura, mas acabamos aproveitando bastante o hotel e valeu o investimento.
O carro: Alugamos um carro e nos arrependemos. Primeiro porque os trajetos são curtos para a maioria dos passeios (andamos menos de 100km com o carro em 4 dias), segundo que o único trajeto mais longo (Argentina) acabamos fazendo de van, depois de sermos aconselhados a não ir de carro para a Argentina (tenho lido vários relatos de pessoas que foram de carro e não tiveram problemas). Não conheço a região e não posso assegurar se é tranquilo ou não, só posso dizer que vi muitos carros brasileiros atravessando a fronteira. Como estávamos em 8 pessoas, alugamos uma van por um dia com motorista brasileiro, indicado pelo hotel. Terceiro, observamos uma grande oferta de táxis e transporte público. O único inconveniente de pegar táxi ao invés do carro seria a falta de assento infantil. Enfim, se você não faz questão de alugar carro, posso dizer que você conseguirá se virar sem ele.
Os passeios:
- Parque Nacional do Iguaçu: Confirmando o que havíamos lido, o parque é algo de primeiro mundo. Imperdível. A estrutura é impecável, as trilhas super bem sinalizadas e bem conservadas (há estrutura para deficientes – um elevador que leva as pessoas bem próximo às cataratas). Como o parque é bem grande, os trajetos são feitos em ônibus com ar condicionado que passam a cada 5 minutos. O parque dispõe de diversas opções de alimentação, inclusive, com um restaurante self service bacana. Na entrada, há uma loja de souvenirs bem legal.
Aproveitamos a visita ao parque para fazer o Safari Macuco, que fica em uma das paradas do ônibus (para fazer esse passeio, você precisa entrar no Parque).
- Sáfari Macuco: é um passeio mata adentro que começa com um caminhãozinho, depois uma trilha opcional (não fizemos), um jipe e por fim um passeio de bote motorizado que te leva bem embaixo das quedas d’água. Eu achei beeeeem radical para meus pequenos, mas no final eles, que não são nada radicais, adoraram! É um passeio que vale a pena para os aventureiros, adultos ou crianças (até os vovôs e vovós animados podem aproveitar). Se prepare, leve uma troca de roupa pois molha mesmo! Os meninos foram de capa e mesmo assim saíram totalmente molhados!
Tomando um banho no Safári Macuco
Ao todo, passeio no Parque Nacional + Macuco levou praticamente o dia todo.
- Passeio de helicóptero: Desde o planejamento dessa viagem sabíamos que queríamos muito fazer esse passeio. É caro e dura cerca de 10 minutos, mas considero esse o melhor passeio da minha vida (por enquanto)! É emocionante ver as cataratas lá do alto, fora a adrenalina de voar num helicóptero. Eu recomendo uma poupança especialmente para fazer esse passeio. 
A alegria na saída do helicóptero
- Parque das Aves: Como o nome já diz, é um zoológico de aves (mais alguns répteis e borboletas), com a diferença de que você entra nos viveiros e tem uma experiência bem próxima com uma infinidade de aves típicas e raras. Todos curtiram muito. É passeio imperdível para adultos e crianças. Levamos umas 2 horas para fazer esse passeio de manhã (chegamos lá no horário de abertura, às 9:00). O parque tem opções de alimentação e lojinha de souvenirs.
Posando com a arara no Parque das Aves
Aqui, um pequeno comentário do pós viagem: logo depois de voltarmos da viagem, o Antonio trouxe uma lição de casa de “ligue-pontos” que era um tucano. Ele tinha que pintar o desenho e eu já fui falando: “Legal! Vamos pintar o bico de amarelo!” e ele replicou: “Não, mamãe! Quero fazer aquele tucano que vimos “nas cataratas” (na verdade era Parque das Aves), aquele de bico verde!” Eu mesma nem lembrava do tucano de bico verde e achei tão interessante ele lembrar disso! São pequenas coisas que mostram como essas experiências são marcantes para os pequenos.
O Desenho pós viagem
- Parque Nacional Iguazu -Argentina: é o equivalente ao nosso Parque Nacional do Iguaçu. Mais feinho e sem a estrutura do lado brasileiro. Tem a vantagem de levar as pessoas bem mais perto da Garganta do Diabo. A parte que conhecemos (trilha até a Garganta do Diabo) é bem plana, portanto, dá pra levar carrinho de bebê e é acessível para deficientes físicos. Saindo do parque, almoçamos no restaurante Acqua, muito bem recomendado, que classifico como ok. Ah! O ingresso do parque só pode ser comprado com Pesos Argentinos! Dentro do parque também é possível comprar souvenirs, tem até lojinha de sorvetes Fredo (yumy!) e da Havanna.
Trenzinho no parque argentino
-Outros passeios que não fizemos (boa razão para voltar!!) são: Itaipú, Paraguai, Duty Free da Argentina, Parque dos Dinossauros, Museu de Cera...
Essa foi uma das melhores viagens que fizemos em família. Foz do Iguaçu é pouco divulgada, mas é um destino espetacular. Para os passeios que fizemos, os 4 dias de viagem foram mais que suficientes. 
Como era carnaval, tomamos alguns cuidados que fizeram a diferença em termos de lotação: sempre que possível, compramos ingressos antecipadamente pela internet (Parque Nacional do Iguaçu e Macuco), evitando a fila da bilheteria, e chegamos sempre cedo aos passeios (por volta das 8:30). Não enfrentamos filas gigantescas nem muvuca e melhor: acabávamos os passeios cedo e conseguíamos aproveitar bastante o hotel.
Acho que a melhor época para ir é o verão, apenas pela maior chance de pegar um tempo agradável. Isso é válido especialmente se você for fazer o Safari Macuco!

É isso! Francine, obrigada pela oportunidade de compartilhar momentos tão felizes da nossa viagem. Adorei a experiência e espero ajudar outros viajantes com esse relato!"

Erika, eu que agradeço esse relato tão cheio de detalhes. Nós estamos loucos para levar o pequeno para conhecer as Cataratas do Iguaçu. Quem sabe, esse ano, não acontece?

E você, tem alguma dica para compartilhar conosco sobre Foz de Iguaçu? Deixe suas dicas nos comentários.


Procurando hotel em Foz do Iguaçu?
Use o banner localizado na lateral direita dessa página, ou esse link aqui. Reservando seu hotel através da nossa página você não paga nada a mais por isso, tem a garantia de menor preço do Booking.com e ainda fornece uma pequena comissão para o blog.

Já leu os outros relatos da tag Viajando com os Leitores? Para ler clique aqui!!
Se quiser publicar o relato da sua viagem, entre em contato com a gente. Será um prazer publicá-la.

9 comentários:

  1. Oi Erika, parabéns pelo excelente relato. Apenas uma dúvida: no passeio das Cataratas, vocês não se sentiram inseguros com os dois pequenos? Tenho vontade de ir lá com meus 2 filhos (4 e 2 anos), mas fico com receio por conta daquelas passarelas por onde andamos pra ver as quedas.. É tranquilo mesmo ir com eles? Dá pra curtir bem sem receio de susto?
    paulosombra@superig.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Paulo,
      Vou pedir para a Erika, responder para você, ok?
      Abraços, Fran

      Excluir
  2. Erika Frossard Bastos29 de maio de 2015 14:14

    Olá Paulo! Nos sentimos bem seguros, especialmente no parque brasileiro, que é super estruturado e preparado para receber crianças. É uma viagem incrível para os pequenos! Um abraço, Erika

    ResponderExcluir
  3. Oi Erika, vc acha que compensa levar carrinho de bebe, meu filho tem 4 anos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com 4 anos eu levaria carrinho! Eles não aguentam caminhar muito tempo e assim vcs conseguem aproveitar mais!.
      beijão

      Excluir
  4. Oi, adorei o relato do passeio, e estou planejando uma viagem a Foz do Iguaçu em breve com meus filhos. Uma dúvida, precisa vacinar as crianças contra febre amarela antes de visitar o Parque das Cataratas? Obrigada!

    Semiramis

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,

      Não é obrigatório. Eu sigo a orientação do Ministério da saúde quanto a vacinação de crianças, e meu pequeno fez a vacina quando sugerido. Mas não e obrigatório para o passeio.
      Foz é demais!!

      Excluir
  5. Olá!! Adorei as dicas. Estamos indo em julho com 2 crianças ( 5 e 6 anos) Queria saber se locaram carro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Carmen,
      Nós não locamos carro. Usamos o transfer da louvar Turismo, e quando necessário contratamos táxi. Vc pode ver todos os posts com dicas nesse link: http://www.viagensquesonhamos.com.br/2016/06/foz-do-iguacu-post-indice-de-dicas.html

      Beijos,

      Excluir

Booking.com
Viagens que Sonhamos © 2016 - Todos os direitos reservados.