01 agosto 2016

Minas Gerais | Conhecendo o melhor do estado em seis dias

Minas Gerais estava no topo dos meus sonhos de viagem aqui pelo Brasil fazia tempo, mas como adoramos uma praia, sempre acabávamos trocando o estado por um outro destino.  A verdade é que Minas é um estado muito grande e oferece experiências de viagens variadas.
A "minha"Minas Gerais que sonhava em conhecer incluía a arquitetura modernista da Pampulha, cidades históricas e um misto de parque e galeria de arte que estava no topo dos meus desejos: Inhotim. Cada vez que eu via uma foto ou lia um relato de quem visitou o lugar, ficava com ainda mais vontade de conhecê-lo. Não só me surpreendi com Inhotim, como também com todos os lugares por onde passamos.


Minas é um caldeirão de uma história viva, que aprendemos e vivemos. Impossível não relembrar os livros do primário, quando estudei sobre Aleijadinho, sobre o auge do ouro no Brasil, sobre os muitos presidentes brasileiros vindos do estado e também os tempos de faculdade de arquitetura com toda modernidade da Pampulha e obras de Oscar Niemayer.
Minas é um estado para voltar várias vezes. São várias possibilidades de roteiros, destinos de serra, cidades históricas, ecoturismo e aventura, parques estaduais e a beleza da capital Belo Horizonte. Como nós tínhamos uma semana para o roteiro, que foi realizado nas férias escolares de julho, altíssima temporada, tive que escolher minhas prioridades e montar um roteiro que agradasse a família inteira onde tivéssemos a possibilidade de conhecer o melhor do estado. E assim definimos o nosso roteiro com base em Belo Horizonte, Inhotim, São João Del Rei, Tiradentes e Ouro Preto, conforme você pode ver abaixo.
Roteiro |

Dia 01:Programamos o voo de ida para o primeiro horário do dia, assim já aproveitaríamos o primeiro dia de viagem. Desembarcamos no aeroporto de Confins às 9h 20min, e após retirar o carro alugado seguimos viagem à Belo Horizonte. Deixamos nossa bagagem no hotel e seguimos para a área da Pampulha. Antes, fomos almoçar no ótimo Restaurante Xapuri. Lugar lindo e comida deliciosa, perfeito para uma introdução à gastronomia do estado.

Passamos a tarde passeando e admirando a região da Pampulha. Visitamos a Igreja, a Casa de Baile, o Museu e a Casa Kubitschek.


À noite fizemos um tour pela região da Praça da Liberdade, acompanhados pelos mineiros do blog Nerds Viajantes, que também nos apresentou as delícias do A Pão de Queijaria. Foi pouco tempo para BH e faltou conhecer muita coisa, mas o foco era mesmo conhecer a região da Pampulha, que alías adoramos e recentemente foi reconhecida como Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco.
Dia 02: Acordamos cedo, para seguir viagem até a cidade de Brumadinho onde fica Inhotim. A viagem demora quase 2 horas, em função do trânsito, mas chegamos no horário de abertura do local, o que foi ótimo, pois deu tempo de conhecer quase toda área de Inhotim. É difícil explicar esse lugar tão encantador: uma mistura de parque e museu a céu aberto. Eu imaginava que era lindo, mas mesmo assim fui surpreendida. Simplesmente amamos e pretendemos voltar. Inhotim é um daqueles lugares que todo mundo deveria visitar, pelo menos uma vez na vida. Muita natureza, espaços lindos, galerias interativas, colorido e boas vibrações.



Saímos de Inhotim quando fechou e seguimos para o vilarejo de Casa Branca onde ficava a nossa pousada. Embora ficasse a aproximadamente 30km de distância de Inhotim, demoramos quase 1h30min para chegar até o local, pois são muitas curvas e quebra molas pelo caminho. A pousada era tão encantadora que compensou o tempo de estrada.
Dia 03: Nesse dia iniciamos o nosso tour pelas cidades históricas. Iniciamos pela bonita e simpática cidade de São João Del Rei, vizinha da bastante conhecida Tiradentes. Visitamos o centro histórico da cidade, que é pequeno, mas muito bem preservado.




Fomos visitar o Museu Ferroviário e já compramos os ingressos para o passeio de Maria Fumaça do dia seguinte. Se estiver visitante a cidade em período de alta temporada, não esqueça de comprar os tickets antecipadamente.
Na parte da tarde fomos visitar o vilarejo de Bichinho, que fica próximo a Tiradentes. Lá visitamos vários várias lojas e ateliês de artistas que produzem o famoso artesanato de Minas Gerais. Tudo muito bonito e com preços bem melhores que os praticados em Tiradentes.


Dia 04: O dia começou com passeio de Maria Fumaça até Tiradentes. São 45 minutos em uma legítima Maria Fumaça de época. 

Em Tiradentes deixamos o carro estacionado próximo ao centro histórico e fomos percorrer as ruas da cidade. Contratamos um city tour com uma charrete que passou pelos principais pontos e custou R$ 80,00. É uma ótima forma de conhecer um pouco mais da história da cidade. Quando o passeio acabou ficamos passeando  pelas ruas estreitas apreciando os sobrados coloridos.



Dia 05: Seguimos viagem para Ouro Preto, mas antes paramos na cidade de Congonhas para conhecer  o Santuário do Bom Jesus de Matosinhos, um ícone do barroco brasileiro, que abriga as mais importantes obras esculpidas pelo Aleijadinho. 

Depois de visitar o Santuário, seguimos para Ouro PretoAlmoçamos no ótimo restaurante Conto de Réis e passamos a tarde visitando o centro histórico da cidade. 


Dia 06: Para conhecer mais detalhes da cidade e da história de Ouro Preto fizemos um tour com um guia turístico. O Sr. José Isabel nos acompanhou pelos locais que ainda não tínhamos visitado na cidade e ainda contou detalhes da história sobre alguns lugares que tínhamos visitado no dia anterior.


Visitamos também a Mina do Veloso, localizada na cidade. Visitando a mina conhecemos detalhes de como era a exploração do ouro no método manual. São 2220 m de extensão na galeria principal tendo também dois poços de água.


No início da tarde, fomos conhecer a cidade vizinha de Mariana, que é considerada primeira cidade do estado. Em Mariana visitamos a Praça Minas Gerais, onde estão localizadas as igrejas gêmeas, a Igreja Nossa Senhora do Carmo e  a Igreja São Francisco de Assis.


Dia 07: Seguimos viagem para o aeroporto de Confins, onde devolvemos o carro e iniciamos o nosso trajeto de volta para casa. O nosso roteiro inicial incluía um passeio para a Gruta da Lapinha, nesse dia.  Mas tivemos um imprevisto no dia anterior que prejudicou a nossa programação: tínhamos estacionado o carro em uma das ruas de Mariana e quando voltamos haviam quebrado o espelho retrovisor do carro. Tivemos que fazer ocorrência policial, e voltar antes do previsto para a locadora, assim não tivemos tempo suficiente para conhecer a gruta. Mas afinal ficaram motivos para voltar.
Onde se hospedar |
Belo Horizonte | Ramada Encore MinasCasa : Ótima opção de hospedagem para quem deseja conhecer a região da Pampulha, o Ramada Minascasa está localizado em uma área de um shopping de decoração e em frente a um grande shopping com praça de alimentação.  O hotel possui design e comunicação visual moderna e bonita, enfatizando detalhes do estado. O quarto era muito confortável e o café da manhã super variado e gostoso. O preço da diária é excelente, pelas instalações e serviços oferecidos. Para ver disponibilidade, valores e reservas para o período da sua viagem, clique aqui.

Brumadinho | Vista da Serra : Já na chegada ficamos encantados com a riqueza de detalhes da Pousada Vista da Serra. Pousada com jeitinho de Minas, fogão a lenha na recepção e bolo e cafezinho para recepcionar os hóspedes. Os quartos eram bastantes confortáveis, mas o grande destaque foi a Noite de Caldos oferecida pela pousada que estava incluída na diária e o café da manhã de deixar qualquer um com alguns quilos extras na bagagem. Tudo deliciosamente preparado na hora para os hóspedes. Embora esteja localizada no município de Bumadinho, a pousada fica distante de Inhotim, mas compensa o deslocamento pela qualidade da acomodação e receptividade com que fomos recebidos. Para ver disponibilidade, valores e reservas para o período da sua viagem, clique aqui.

São João Del Rei | Garden Hill Small Resort : Como o nome diz, é um pequeno resort localizado em uma cidade histórica. A estrutura do hotel é ótima, principalmente para quem viaja em família, com piscina aberta e fechada, área infantil com brinquedos variados, quadra de t6encis, sala de jogos e campo de golfe. O quarto é bastante grande e muito confortável, com cama king size, sofá cama, closet e banheiro com banheira, além de sacada com vista para o campo de golfe. Embora não esteja localizado no centro da cidade, possui fácil deslocamento para o centro histórico e também para  a vizinha cidade de Tiradentes. Foi o melhor hotel onde estivemos hospedados durante o roteiro por Minas. Para ver disponibilidade, valores e reservas para o período da sua viagem, clique aqui.

Ouro Preto | Mirante Hotel : Como o nome diz, a vista é a melhor qualidade do hotel. Todos os dias tomamos café da manhã apreciando a linda vista do centro histórico da cidade. Os quartos são pequenos, mas confortáveis. Optamos em não nos hospedar no centro histórico em função dos altos preços dos hotéis por lá, e achamos o Mirante Hotel um ótimo custo benefício, pois estava localizado a apenas 1 km da região do centro histórico.  O hotel também possui estacionamento sem custo adicional. Para ver disponibilidade, valores e reservas para o período da sua viagem, clique aqui.
Como se locomover |
Como nosso roteiro pelo estado era amplo atingindo várias cidades, a melhor opção foi carro alugado. Alugamos um carro categoria econômica através da RentCars, que foi o melhor custo benefício. Pagamos menos de R$ 500,00 para todos os dias de viagem com todos os seguros incluídos, na Unidas. 
Assim que desembarcamos no aeroporto, procuramos a van da Unidas que faz o translado até a área das locadoras. Chegando lá, foi só apresentar o voucher da Rentcars, e retirar o carro.
As estradas de Minas Gerais estão em bom estado, mas apresentam bastante curvas e quebra molas, mas nos percursos que fizemos passamos por um só pedágio.





Sabe quando o destino oferece muito mais do que imaginávamos? Foi assim com Minas. Já estou morrendo de saudades da culinária mineira e de tudo o que vimos e aprendemos por lá. Esse é o primeiro post de uma série que programamos sobre Minas Gerais.
Para ver mais fotos, siga nosso perfil no Instagram - @Fran_agnoletto e a #ViagensqueSonhamosemMinas
Outros posts sobre Minas Gerais:
Passeando de Maria Fumaça em Minas Gerais
Quer reservar hotel em Minas?
Use o banner localizado na lateral direita dessa página, ou esse link aqui. Reservando seu hotel através da nossa página você não paga nada a mais por isso, tem a garantia de menor preço do Booking.com e ainda fornece uma pequena comissão para o blog.
Procurando carro para alugar?
Use o banner localizado na lateral direita dessa página, ou esse link aqui. Reservando seu carro através da nossa página e Rentcars, você não paga nada a mais por isso, e ainda fornece uma pequena comissão para o blog. Nós já experimentamos o serviço e aprovamos. 


11 comentários:

  1. Também vivo adiando Minas porque adoro praiaa!!! hahahhaaha

    Esse roteiro que você já está nos meus planos há algum tempo!

    Adorei as dicas e com certeza vou usa-las quando for! Espero que breve.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minas não tem praia, mas tem muitos outros lugares interessantes. Vale a pena!
      Se precisar de ajuda no roteiro, estou ai.
      Abraços

      Excluir
  2. Adorei seu roteiro.
    Fiz uma parte dele alguns anos atrás, quando estava morando em BH.
    Tá na hora de voltar! Vi muitas coisas interessantes que gostaria de fazer e muitos lugares que quero rever.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simone,
      Volte sim. É uma viagem deliciosa!

      Beijos

      Excluir
  3. Adorei seu roteiro.
    Fiz uma parte dele alguns anos atrás, quando estava morando em BH.
    Tá na hora de voltar! Vi muitas coisas interessantes que gostaria de fazer e muitos lugares que quero rever.

    ResponderExcluir
  4. Que delícia de viagem! Estou querendo ir agora em setembro e agora já tenho um bom roteiro. bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho certeza que irão adorar. Minas é "bão"demais, soh! kkk

      Excluir
  5. Adorei Fran, vou agora em julho e seu roteiro me inspirou! O Alvaro curtiu as cidades históricas? Só tenho medo do Gabriel reclamando que tá cansado. hehehe. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele adorou!!!
      Claro que a gente sempre inventa uma historinha para ele se interessar pelo assunto. Mas tem muita coisa bacana.
      Em Tiradentes, ele amou o passeio de trem, Bichinho, passear de charrete, a história de Tiradentes, comer no Chico Doceiro.
      Em Ouro Preto, ele amou o passeio da Mina de Ouro, do Museu de Ciências.
      Ele curte muito!!!

      Beijos

      Excluir
  6. Que legal!! Adorei sua pagina! Senti falta do tempo que vc gastou na estrada de uma cidade para outra...estou pensando em ir mas nao queria perder muito tempo dirigindo...o que pode ajudar na escolha de excluir ou nao certos lugares.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,

      Boa sugestão. Vou incluir as distâncias. Mas para vc ter ideia, a maior distancia foi entre Tiradentes e Ouro Preto, que fizemos em uma manhã pois paramos em Congonhas. Os trajetos não são longos e cansativos.
      Espero ter ajudado. Beijos

      Excluir

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Pesquise aqui qualquer conteúdo do Viagem que Sonhamos, tecle enter