31 maio 2014

Seguro de viagem: experiência da Mariah, de 10 meses em Orlando.

Seguro viagem, é um assunto que sempre é muito discutido e questionado nos grupos que participo. É aquele tipo de coisa que a gente normalmente compra e não usa ( Graças a Deus!!!), e assim sempre ficamos em dúvida, se o plano contratado é bom ou não.

Minha irmã Michele, viajou com o marido e as filhas, de 5 anos e 10 meses, para Orlando e Fort Lauderdale, e contratou o seguro Coris, via agência de viagem. O plano familiar contratado custou R$570,00, para o período de 17 dias, para dois adultos e duas crianças.
Não são umas fofuras minhas sobrinhas?
Durante a viagem a Mariahzinha, começou a apresentar muita tosse e coriza. Tentaram com medicação normal como Alivium e Tylenol e ela não teve melhoras. Decidiram então entrar em contato através do 0800 do seguro contratado.


O atendimento foi em português e como o caso não era de urgência, e eles pretendiam passar o dia no parque, foram orientados a que procurassem a clínica após sairem do parque.
A clínica indicada foi a Paramount Urgent Care. A clínica fica próxima a International Drive. Eles estavam hospedados em Kissimmee, e em 20 minutos chegaram na clínica.

Quando chegaram, já estavam os esperando, pois a Coris já havia entrado em contato avisando sobre a chegada da paciente.Segundo a Michele,  foram muito bem atendidos por um pediatra, que examinou a bebê. O atendimento foi em inglês, mas o médico falava devagar e e se esforçava para ser entendido.

O atendimento durou em torno de 15 minutos. O médico examinou a bebê, ouviu os sintomas relatados, deu o diagnóstico de infecção no ouvido e receitou antibiótico. A medicação foi fornecida na própria clínica e  teve um custo de $10.

Michele conta que foram  muito bem atendidos na clínica, e chegando ao hotel, receberam uma ligação do seguro, em português, perguntando como estava a bebê,  se precisavam de algum outro auxilio e como tinha sido o atendimento. "Voltaria a comprar com a Coris, com certeza!"
Mariahzinha já boa para brincar nos parques de novo.
Obrigada Michele, por nos relatar sua experiência!

A Débora Segnini, tem um excelente post sobre o assunto no Gosto e Pronto, onde ela conta a experiência com o filho Pedro, que precisou de uma cirurgia de urgência.

E você, na usou o seguro viagem? Como foi sua experiência?

Para ler os outros posts da série sobre SEGURO DE VIAGEM, clique nos links abaixo:


Um comentário:

  1. Olha, é indicado a todos lerem as condições gerais dos seguros contratados. Uma amiga teve crise de pedra na vesícula em Orlando. Foi encaminhada para o Hospital em Orlando pela Coris e esta seguradora autorizou a cirurgia inclusive, na virada de ano novo agora. Mês passado ela recebeu uma ligação do hospital cobrando a internação e a cirurgia, pois a seguradora não pagou pois considerou como doença pré-existente e ela agora está tendo que pagar USD30mil do bolso dela. A gente sempre tem que saber o que está contratando. ;)

    ResponderExcluir

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Pesquise aqui qualquer conteúdo do Viagem que Sonhamos, tecle enter