09 junho 2015

Um dia em Maceió e outras dicas práticas para conhecer a capital de Alagoas

Muitas famílias vem para Maceió passar uma semana, como base para vários passeios por Alagoas. Outros só passam pela cidade, e hospedam-se em resorts mais afastados da zona urbana de Maceió. Mas Maceió é uma cidade muito linda, para só passar por ela.
Reserve pelo menos um dia, no seu roteiro para conhecer um pouco da capital do estado de Alagoas e suas praias urbanas.
Foi isso que fizemos, antes de seguir para o litoral norte do estado. Foi pouco tempo, mas tempo suficiente para nos apaixonarmos pela cidade, e gravar na memória a música: "Ai que saudades do céu, do sal, do sol de Maceió…"
Ficamos hospedados no Hotel Maceió Atlantic Suites e ao abrir a cortina do nosso quarto pela manha, o maravilhoso mar da praia de Jatiúca, nos dava as boas vindas a cidade.


Jatiúca, Ponta Verde e Pajuçara são as três praias urbanas principais de Maceió, e estão localizadas uma ao lado da outra. Para conhecer as praias, optamos pelo aluguel de bicicletas no calçadão beira mar de Jatiúca. Alugamos um calhambike, como eles chamam (uma espécie de triciclo) por R$ 25,00 a hora, sendo possível devolvê-lo no final do trajeto na praia de Pajuçara, ao lado da Feira de Artesanato. Mas existem vários outros tipos de bicicleta para alugar. O passeio foi super bacana, e foi possível irmos parando para conhecer, tirar fotos ou mesmo tomar uma água de coco. Todo o calçadão beira mar, possui ciclovia, o que torna o passeio ainda mais tranquilo.
Praia de Jatiúca:
Praia urbana, com seu tom de água verde, possui mar tranquilo, e uma faixa de areia extensa para aproveitar. Como as demais, possui ciclovia, calçadão de caminhada com vários restaurantes e quiosques, como também aluguel de cadeiras e guarda sol na beira da praia. Sua orla possui diversos prédios, com lindos apartamentos com vista para o mar. Moraria fácil por lá.
Praia de Ponta Verde:
Um pouco mais movimentada que Jatiúca, talvez em função do maior número de hotéis na sua orla, possui as mesmas características da praia anterior, tornando a perfeita para passar o dia curtindo o mar.
É aqui que fica o famoso letreiro EU AMO MACEIÓ, que foi instalado para marcar os 200 anos de Maceió.
Praia de Pajuçara:
Talvez a mais conhecida e famosa das praias urbanas da cidade, é também a mais movimentada. É daqui que saem os passeios de jangada para as piscinas naturais. A Feira de Artesanato e o Pavilhão de Artesanato também ficam aqui, um quase em frente ao outro, e funcionam todos os dias. Se você procura lembrancinhas para levar para casa, camisetas, jogos americanos, toalhas de mesa, produtos de renda e utensílios de praia, aqui é um bom lugar para comprar. Mas não é aquele lugar que indicaria para um passeio imprescindível.
Ao lado da feira, também fica o Mercado do Peixe, onde os pescadores vendem os peixes para a comunidade. O mar é quase igual as praias já citadas, tinha um pouco de algas, mas nada que atrapalhasse o banho de mar, porém a praia é bem mais movimentada. Como eu prefiro lugares tranquilos, eu preferi Jatiúca às demais.
Nós entregamos a nossa bicicleta ao lado da feira de artesanato e aproveitamos um pouco a praia. Infelizmente a maré estava cheia e não era mais possível fazer o passeio para as piscinas naturais.
Voltamos até Jatiúca de táxi ( R$10,00 a corrida) e passeamos pelo calçadão para escolher onde comer. Maceió é conhecida nacionalmente pelo alto índice de criminalidade, mas confesso que me senti super segura, pelo menos nas regiões que circulamos. Vimos bastante policiamento e conforme a orientação do hotel, a região onde estávamos hospedados é tranquila, para caminhar a pé.
Outro fato que nos chamou a atenção foi a atenção e educação da população com o turista. Fomos muito bem recebidos. Nos momentos que solicitamos alguma informação turística, sempre havia alguem disposto em ajudar e caso a pessoa não sabia a resposta, chamava outro para ajudar. Nas faixas de segurança, foi só paramos em frente a faixa, que os carros já paravam. Isso aconteceu em todas ocasiões que fomos atravessar a rua. Aqui no Brasil, lembro de ter vivenciado isso apenas em Gramado.
Onde comer:
Nós almoçamos no calçadão beira mar da praia de Jatiúca. Provamos o Camarão ao Coco e adoramos. O preço é justo, atendimento excelente, ambiente simples, porém com sombra e com a vista maravilhosa do mar.
Como tivemos pouco tempo na cidade, não deu tempo de provar outras delícias, mas Maceió possui vários restaurantes super indicados. A Karla do blog Cariocando por ai, fez um tour gastronômico na cidade e conta nesse post aqui tudo que gostou e não gostou nos restaurantes que visitaram. Ela também tomou o café da manhã na Bodega do Sertão, que todas as pessoas com quem conversamos nos indicaram e dizem ser uma atração turística na região. Leia o post aqui.
Quando vir:
Nós viajamos em maio e achamos excelente, mesmo sabendo das possibilidades de chuva. Como é baixa temporada, os preços estavam mais baixos e havia pouco movimento. Nada de praias de lotadas. No dia que passamos em Maceió, choveu um pouco, mas a chuva não durou nem 5 minutos, então não atrapalhou a visita pela cidade. O Viaje na Viaje tem o praiômetro, que mostra o índice de chuva em várias praias. Consulte para ajudar a decidir se a época que você planeja conhecer a cidade. Pelo praiômetro chove bastante nessa época, mas nós tivemos sorte pois pegamos só dias lindos.
Como chegar:
Nós chegamos no aeroporto de Maceió, que fica na cidade vizinha de Rio Claro, de madrugada e para não termos que nos preocupar com trânsito, carro e etc, optamos por contratar um transfer. Utilizamos o serviço da empresa TVT Receptivo, que estava nos esperando logo após o desembarque. O serviço foi prestado em uma vão e além de nós, levou um casal que estava hospedado em um hotel vizinho ao nosso. Foram aproximadamente 30 minutos, entre o aeroporto e o hotel na Praia de Jatiúca. O translado de Maceió ao hotel Salinas de Maceió, foi providenciado pelo próprio hotel e prestado pela empresa Tropicana Turismo.
Para os demais passeios alugamos o carro com a Forte Aluguel de Carros, que nos ofereceu a possibilidade de retirar o carro no Hotel Salinas de Maceió e devolver no aeroporto, por um preço menor que as empresas tradicionais e ainda com uma categoria de carro superior.
Onde ficar:
Dividimos nossa estadia entre o Maceió Atlantic Suites na Praia de Jatiúca e o Salinas de Maceió Beach Resort, na Praia de Ipioca. Ambos hotéis recebem muito bem famílias e possuem apartamentos espaçosos e localização privilegiada.
O Maceió Atlantic Suites tem a vantagem de estar localizado no centro de Maceió, já o Salinas de Maceió Beach Resort tem a grande vantagem de ser um resort com sistema de pensão completa com seis refeições diárias incluídas na diária, e se você não quiser, nem precisa sair do hotel. Para ler "Onde ficar em Maceió: Maceió Atlantic Suítes" clique aqui. Para ler "Salinas de Maceió Beach Resort, um resort para as famílias" e conhecer como é o resort, clique aqui.
Outros passeios:
Esse post tem como intenção orientar você a fazer um passeio de um dia pela capital de Alagoas. Caso você planeje passar uma semana ou mais de uma dia na cidade, planeje fazer passeios para conhecer outras praias do estado. Os litorais norte e sul, tem várias opções de praias paradisíacas para conhecer.
Um passeio imperdível em Alagoas é fazer um passeio nas piscinas naturais. As mais conhecidas são as de Maragogi, mas pessoalmente eu acho muito longe para fazer um passeio de bate e volta, mas várias empresas oferecem esse passeio. Um outra boa opção são as piscinas naturais de Paripueira, que ficam aproximadamente 45 minutos de Maceió, a metade do tempo do que ir até Maragogi.
Praia do Gunga, Praia do Francês, São Miguel dos Milagres e Dunas de Marapé são outras opções ótimas opções.  Como nós seguimos viagem, aproveitamos os dias em maceió para curtir apenas as praias de lá. Você pode ler o nosso roteiro completo pelo litoral de Alagoas, no post "Roteiro de 10 dias pelo Litoral Norte de Alagoas e outras dicas práticas para conhecer o estado".
Piscinas naturais de Taocas em Maragogi
Praia do Francês por www.cariocandoporai.com.br
Barra de São Miguel por www.cariocandoporai.com.br
Outros posts:
Roteiro de 10 dias pelo Litoral Norte de Alagoas e outras dicas práticas para conhecer o estado
Salinas de Maceió, um resort para aproveitar em família
Onde ficar em Maceió: Maceió Atlantic Suítes
Rota Ecológica em Alagoas, um pedacinho do paraíso escondido
Pousada do Marceneiro, nossa escolha de hospedagem em São Miguel dos Milagres
Procurando hotel em Maceió?
Use o banner localizado na lateral direita dessa página, ou esse link aqui. Reservando seu hotel através da nossa página você não paga nada a mais por isso, tem a garantia de menor preço do Booking.com e ainda fornece uma pequena comissão para o blog. Lembrando que a maioria da reservas são com cancelamento gratuito. Você pode reservar para garantir o preço, e continuar acompanhando as reservas. Se achar uma oferta melhor de outro hotel, é só cancelar a reserva, sem custo, online.
Procurando carro para alugar em Alagoas?

Use o banner localizado na lateral direita dessa página, ou esse link aqui. Reservando seu carro através da nossa página e Rentcars, você não paga nada a mais por isso, e ainda fornece uma pequena comissão para o blog. Nós já experimentamos o serviço e aprovamos.
Para ver nossas fotos de Alagoas nos siga no Instagram @Fran_agnoletto, através da #ViagensqueSonhamosemAlagoas. Curta também nossa página no Facebook.

8 comentários:

  1. Adorei o post,obrigada pelas dicas!

    ResponderExcluir
  2. Sou guia de turismo se precisar de uma Van 15 lugares para grupos é só me contactá no Sandrao44@hotmail.com

    ResponderExcluir
  3. Sou guia de turismo se precisar de uma Van 15 lugares para grupos é só me contactá no Sandrao44@hotmail.com

    ResponderExcluir
  4. Laís boa divulgação de nossa cidade

    ResponderExcluir
  5. Laís boa divulgação de nossa cidade

    ResponderExcluir
  6. Olá, ali no cardápio da Barraca dos Velhos Marinheiros, o prato é para duas pessoas?

    ResponderExcluir

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Pesquise aqui qualquer conteúdo do Viagem que Sonhamos, tecle enter