1 2 3 4 5 6

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Air Asia | Como voar pelo Sudeste Asiático pagando pouco

Ainda antes de ter a nossa passagem Brasil - Ásia emitida, eu já tinha pesquisado os preços das passagens entre os países que gostaríamos de visitar, e a Air Asia sempre apresentou preços surpreendentemente baratos para os trajetos. Como eu já contei no post "Ásia com criança | Roteiro de 30 dias conhecendo Tailândia | Cingapura e Indonésia", compramos as passagens de chegada na Ásia via Bangkok e de saída via Cingapura e nosso roteiro base envolvia mais quatro voos: Bangkok - Krabi, Krabi - Cingapura, Cingapura-Bali e Bali-Cingapura. Eu tinha um certo preconceito com a empresa pois havia lido em uma matéria da revista Viagem e Turismo de outubro de 2012, que a companhia iria implantar a  partir do início do ano seguinte (no caso 2013), a lei do silêncio  na parte frontal das aeronaves, sendo que crianças de até 13 anos só poderiam viajar a partir da fileira 14. Já criei antipatia, e não gostei da atitude. Mas depois de pesquisar várias companhias aéreas que fazem esses percursos ( Tiger Air, Lion Air, Nok Air entre outras) compramos três trechos com a Air Asia e apenas um com a Tiger Air, pela questão do horário do voo, pois no quesito preço, a Air Asia sempre saiu ganhando. O menor trajeto pagamos apenas $20 (Bangkok-Krabi) e no maior $60 (Cingapura-Bali)


Comprando as passagens:
Comprei as passagens com aproximadamente um mês de antecedência. Se você conseguir se programar para comprar com mais antecedência, pode conseguir verdadeiras barbadas. Alguns voos são vendidos por $1. Para comprar e pesquisar voos, clique aqui.
O processo é bastante fácil e todo feito online. Após definir data e destino, escolha o voo que for mais conveniente para você, acrescente os opcionais, insira dos dados dos passageiros, pague com cartão de crédito e pronto, você recebe o código localizador. 
#Dica: Para facilitar visualizar os valores é importante mudar a moeda para dólares americanos.
Vale lembrar que se por tratar de uma companhia aérea low coast, praticamente "tudo"é cobrado extra, e embora exista a possibilidade de adquirir alguns desses extras no momento do checkin, é sempre mais barato comprar online. 
É apenas permitido viajar na cabine com um volume de até 7Kg, embora em nenhum dos voos que fizemos a bagagem de mão foi pesada. As malas despachadas são cobradas a parte e ainda no momento da compra da passagem, você define o peso da bagagem que irá despachar e paga por ela. Se você deixar para pagar no checkin, os valores são outros.
Até 7Kg = sem custo
Até 15 Kg = $8.84
Até 20Kg = $9.73
Até 25Kg= $12.62
Até 30Kg= $19.45
Até 40Kg = $35.66
Se tiver interesse em lanche ou refeição a bordo, você também deve adquirir online. Inclusive eles possuem opção de refeição infantil, que compramos e o pequeno gostou bastante.

Na hora de marcar o assento fiquei apreensiva, pois imaginava que o pequeno seria barrado nas primeiras fileiras, mas isso não aconteceu. Graças a Deus, aquela maldita ideia de vetar crianças e implantar a quiet zone nas aeronaves, não deve ter dado muito certo. Para marcar os assentos ainda durante o processo de compra, é preciso pagar uma taxa por isso. Se você não pagar, pode marcar os assentos apenas durante o checkin no aeroporto. Em relação aos assentos, existem valores diferentes conforme a posição do assento na aeronave. As primeiras fileiras, chamadas HOT SEATS, possuem um valor um pouco superior as demais e permite acesso prioritário à aeronave.

Voando Air Asia:
Em todos os trajetos que fizemos os procedimentos foram semelhantes, com excessão de Cingapura, onde o checkin foi através de auto atendimento. 
Chegando no aeroporto, procurávamos o balcão de checkin da Air Asia, referente ao trajeto que iríamos voar, apresentávamos localizador e documentos, despachávamos bagagem e pronto, era só se dirigir ao portão de embarque.
No momento do embarque, primeiro são chamados os passageiros que compraram HOT SEATS, os assentos no início do avião, e depois todos os outros passageiros. 
Durante o embarque uma atendente ficava lembrando que era permitido apenas embarcar com um volume de até 7Kg, mas ninguém pesou ou ficava controlando o número de volumes dos passageiros. Os embarques foram bastante rápidos e logo após todos acomodados, o avião decolava. Sempre pontual.
A aeronave era OK, padrão dos voos Gol aqui no Brasil. Logo após a decolagem, era servido a refeição para quem havia adquirido online, e logo depois os comissários passavam vendendo as opções a disposição no voo.
Refeição infantil
Após o serviço de bordo,  os comissários passam vendendo produtos com a marca Air Asia, como chaveiros, brinquedos, roupas, bolsas entre outros.
Não existe entretenimento a bordo. A única opção disponível é a revista, deixada no bolsão a sua frente,  mas como os voos costumam ser curtos, isso não é um problema.
O desembarque foi sempre muito tranquilo, e as bagagens chegaram inteiras e intactas aos destinos.
Conclusão: Gostamos de voar Air Asia. O atendimento é bom, os voos foram pontuais e confortáveis, além do preço ser muito atrativo.
Outros relatos de companhias aéreas:
* Como é voar Avianca, no voo direto Porto Alegre-Lima
* Como é voar Tap no voo direto Porto Alegre - Lisboa
* Como é voar na rota Porto Alegre-Miami com a American Airlines

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Booking.com
Viagens que Sonhamos © 2016 - Todos os direitos reservados.