25 outubro 2019

Viagem para Malta, paraíso no Mediterrâneo

Malta é uma ilha paradisíaca em pleno Mar Mediterrâneo. Rica em história, repleta de praias lindas, formações rochosas com cenários deslumbrantes, povo simpático e acolhedor, uma viagem para Malta deveria ser um sonho realizado por todos.

Devido a sua posição estratégica, entre a Sicília e o norte da África, entre o ocidente e oriente, Malta teve sua história relacionada a variadas sucessões de governantes, entre eles os fenícios, romanos, Ordem Soberana e Militar de Malta, franceses e ingleses, resultando em um grande Patrimônio Histórico e Cultural. Malta foi fortemente bombardeada e destruída durante a Segunda Guerra Mundial e se tornou independente do Reino Unido apenas em 1964, tornando-se República de Malta em 1974. Embora sua história e sua herança estejam ligadas a construções mais antigas que as Pirâmides do Egito, Malta é um pais novo. A herança britânica deixou forte influência, como a língua inglesa, as centenas de cabines telefônicas pelas cidades, os pubs, as tomadas e inclusive, a direção na mão inglesa.

Leia também:

Não foi preciso muito para eu me apaixonar por esse pequeno país, que é o menor país em população e área dos países membros da União Européia. Uma pérola, ainda pouco conhecida, com construções amareladas com portas e sacadas coloridas, praias paradisíacas, mesclando o típico charme das ilhas do Mediterrâneo. Após a minha viagem para Malta, voltei decidida a espalhar a beleza desse país, pouco conhecido. No primeiro post sobre Malta, compartilho com vocês tudo o que você precisa saber para programar uma viagem para Malta, minhas descobertas durante meus dias nas ilhas maltesas, além das tradicionais dicas para conhecer o destino.
Viagem para Malta

 Afinal, onde fica Malta?

Malta é um país, mais conhecido como República de Malta, localizada no Mar Mediterrâneo, entre a Itália e a costa da África. O país é formado por 3 ilhas principais: a ilha de Malta, a maior das ilhas e a mais povoada, Gozo e Comino, das três maiores ilhas é a única inabitada.
  • Moeda: a moeda utilizada em Malta é o Euro, desde 2008
  • Língua: Maltês e Inglês
  • Tomada e voltagem: a voltagem é 220V, porém a tomada é bem diferente do Brasil, seguindo o mesmo padrão da Inglaterra. Será necessário um adaptador universal.
Tomada em Malta

Como chegar em Malta |

Não existem voos direto do Brasil para Malta, mas é possível chegar em Malta através de conexões em vários países da Europa. A companhia aérea AirMalta oferece voos para quase todos os lugares da Europa, assim como muitas companhias aéreas européias voam para a ilha. Eu cheguei em Malta, em um voo da Alitalia, com uma conexão em Roma. Foi o menor tempo de voo que encontrei, partindo do Brasil e também o melhor preço. De Roma para Malta são apenas 1 hora de voo. O aeroporto de malta fica em Luqa, na ilha principal.

Outra maneira bastante comum de chegar em Malta é com navios de cruzeiros que fazem roteiros pelo mediterrâneo. A maioria dos roteiros incluem uma parada de algumas horas na capital de Malta, Valetta. O porto fica no centro da cidade é muito fácil passear por Valetta por conta própria, se você chegar em Malta em um navio de cruzeiro.
Viagem para Malta
Para quem está na Sicília é possível chegar em Malta de ferry. A viagem dura menos de 2 horas e o ferry parte da capital Valetta com destino à Pollazzo na Sicília. A empresa que opera o ferry é a Virtu Ferries.

Turismo X Intercâmbio em Malta |

Além de ser um país com uma histórica riquíssima, de muitos percalços e muita reconstrução, Malta possui uma das paisagens mais diversificadas da Europa, com praias paradisíacas, grutas e arquitetura  marcante, que por si só, já valeriam a visita.

Mas além do turismo, Malta é muito conhecida entre os intercambistas e pessoas que desejam aprimorar a língua inglesa, já que mais de 30 escolas oficiais de idiomas se encontram no país. Malta possui duas línguas oficiais, o maltês e o inglês, o que faz com que muitas pessoas procurem a ilha para estudar o idioma.
Viagem para Malta


No meu caso, eu uni o útil ao agradável e fiz as duas coisas: conciliei um curso de inglês de duas semanas, durante as manhãs e no período da tarde e finais de semana, conheci cada canto desse país tão incrível.

Seguro Viagem COM DESCONTO

Não esqueça de fazer SEGURO VIAGEM, pois é obrigatório na Europa. Faça a sua cotação para encontrar o melhor seguro. Compre por esse link e receba 5% extra com o cupom VIAGENSQS5 e mais 5%, se optar em pagar no boleto.

Documentos necessários |

Por fazer parte da União Européia, os documentos necessário são os mesmos exigidos para qualquer outro local da Europa, como passaporte válido com no mínimo 6 meses de validade e seguro viagem de pelo menos 30.000 Euros.

Brasileiros não precisam de visto, no caso de ficarem até 3 meses em Malta ou na Europa. Alguns locais falam da necessidade do Certificado Internacional de Febre Amarela, mas em nenhum momento me foi solicitado.

Quantos dias devo ficar em Malta |

Se o objetivo for fazer turismo, recomendo uma semana em Malta, sendo 6 noites na ilha principal, Malta, e pelo menos uma noite na ilha de Gozo. Em uma semana é possível conhecer as principais atrações de Malta com tranquilidade e ainda aproveitar o melhor das praias, se estiver viajando no verão.
Viagem para Malta
Se o objetivo for fazer intercâmbio em Malta, vai depender muito da sua disponibilidade de tempo. Eu só tinha disponível duas semanas para o curso e resolvi aproveitar a oportunidade. Poderia ter sido mais? Sim, poderia. Mas mesmo assim foi excelente e de muito aprendizado. Eu arrisco dizer que a melhor experiência seria entre um e dois meses. 

Principais atrações de Malta |

Só dar um google em cada um dos nomes abaixo para babar nas belezas das atrações. Em breve irei detalhar aqui no blog, todos os lugares que visitei. Os principais cartões postais de Malta são:
  • Blue Lagoon na ilha de Comino
  • Tal Mixta cave na ilha de Gozo
  • Cittadella de Victoria em Gozo
  • Mdina e Rabat
  • Valetta
  • Three Cities
  • Marsaxlokk
  • Blue Grotto
  • Templos Megalíticos
  • Golden Bay e Paradise Bay
Viagem para Malta
As praias de Malta são um capítulo a parte e merecem um post específico sobre o assunto, mas preciso mencionar que são bem diferentes das tradicionais praias de areias que estamos acostumados. Há praias de areia em Malta, mas a grande maioria são praias com rochas. No local da tradicional faixe de areia, uma grande laje onde as pessoas se acomodam com suas toalhas para pegar sol. O mar é cristalino, com temperatura ótima (não é frio).Eu que sou friorenta, tomei banho de mar em pleno mês de outubro e achei maravilhoso. E falando em banho de mar, a maioria das praias de pedra, possuem escada de piscina para entrar no mar. Achei prático e digno.
Viagem para Malta

Roteiro de 7 Noites em Malta |

Para facilitar o entendimento entre as proximidades das atrações de Malta, vou deixar um exemplo de roteiro de 8 dias entre as 3 ilhas principais: Malta, Gozo e Comino.
Viagem para Malta

Dia 01: Valetta e Three Cities
Dia 02: Comino e Blue Lagoon
Dia 03: Mdina, Rabat e Mosta
Dia 04: Marsaxlokk, Blue Grotto e templos megalíticos
Dia 06: Sliema, St Julian's e Golden Bay
Dia 07: ilha de Gozo
Dia 08: ilha de Gozo

Onde se hospedar em Malta |

Embora a ilha de Malta, que é a ilha principal, seja pequena, recomendo ficar hospedado em algum local de fácil descolamento e de preferência que seja fácil e rápido o deslocamento até as principais atrações. Eu fiquei hospedada em Sliema e fiquei encantada com a cidadezinha, repleta de prédio com arquitetura típica maltesa, com praias (de pedra) ótimas e de fácil deslocamento para todos os locais da ilha, principalmente para Valetta, que está distante 5 minutos de ferry.
Viagem para Malta
Algumas opções de hotéis em Sliema:
Se o seu objetivo for aproveitar a noite, recomendo ficar em St. Julian's:
Se o objetivo for praia, pense na possibilidade de ficar na parte norte da ilha, onde ficam as melhores praias de areia de Malta, como a Golden Bay:

É preciso alugar carro ?

Viajando a turismo, a melhor experiência com certeza será de carro alugado, pois permite se deslocar por toda a ilha, com facilidade e tempo muito inferior ao dos ônibus.

Embora eu tenho lido várias queixas ao sistema público de transporte, achei bem eficiente, considerando que há ônibus para todos os destinos da ilha, com ar condicionado, wifi e custo baixo. Na alta temporada eu pagava 2 Euros por ticket, sendo que tinha validade por 1h 30min e ainda há opções de cartoes semanais com viagens ilimitadas, que pode se tornar ainda mais barato. A desvantagem do ônibus é que um trajeto que de carro levaria 20 minutos, de ônibus demora 1 hora ou mais.  Uma boa dica para quem pretende se deslocar de ônibus é usar o Google Maps para acompanhar as rotas e horários dos ônibus. Funcionou muito bem.

Lembrando que por herança do domínio britânico, em Malta é utilizada a mão inglesa, ou seja, se dirige do lado contrário ao nosso. Para dicas de como dirigir na mão inglesa veja a nossa experiência com carro alugado em Barbados e na África do Sul. Para comparar os melhores valores de aluguel de carro em Malta, consulte a RentCars, que é o site que sempre utilizamos para alugar carro no Brasil e pelo mundo, pagando parcelado em reais, sem IOF.
Viagem para Malta

Custos em Malta |

Antes de viajar, li em vários locais que Malta é considerado um dos países mais baratos da Europa. Confesso que não foi essa impressão que tive. Conversando com locais e pessoas que já viajaram para Malta várias vezes, todos foram unânimes em dizer que Malta já foi sim, muito barato, mas isso antes de entrar para a União Européia. Desde esse fato, os valores vem se equivalendo ano a ano.

Fato é, que Malta não é um dos destinos com custo mais alto da Europa. Os preços são bem ok, se comparados a outros mais e destinos turísticos mais renomados, como Paris, Amsterdam ou Londres. 

Veja alguns valores:
  • Preço de refeição em restaurante: 10-20 Euros
  • Tickets Ônibus na alta temporada: 2 Euros
  • Diária de hotel em Sliema: 70-100 Euros
  • Ferry para Comino ida e volta: 13 Euros
  • Café Expresso em cafeteria: 1 Euro
  • Capuccino em cafeteria: 1,50 Euros
  • Massa Barilla no supermercado: 1 Euro
  • 2 filés de salmão no supermercado: 4 Euros
  • Sorvete casquinha: 2 Euros
  • Taça de vinho em restaurante: 3,50 Euros
  • Ferry ida e volta para Gozo: 4,65 Euros

O que comer em Malta |

O Pasttizi é um salgado folheado, geralmente recheado com ricota e ervilhas, mas eu vi até na versão Nutella. É bem baratinho, menos de 0,50 Euros e uma delícia. Um dos mais tradicionais e delicioso é vendido em um restaurante bem simples, na cidade de Rabat, quase em frente a entrada de Mdina. Procure por Is-Serkin Crystal Palace Bar e delicie-se.
Viagem para Malta
Além dos Pastizzi, provei o famoso refrigerante Kinnie, que não gostei. Tem um gosto forte de biter, amargo, misturado ao sabor de laranja. Não gostei do refrigerante mas amei os vinhos malteses. Qualquer restaurante serve vinho em taça. Não são caros e são deliciosos.

Segurança em Malta |

Malta é um país muito seguro. Andei sozinha, a noite, por todos os lados e em nenhum momento me senti insegura. Acompanhando o notícia também é possível ter noção do tipo de violência que acontece no país. Grande parte das notícias eram em função de brigas, mas nunca relativas a furtos, roubos ou violência.
Viagem para Malta

Melhor época para visitar Malta |

Se estiver pensando em aproveitar as praias maravilhosas de Malta, nem pense duas vezes e venha no verão. O inverno não é muito rigoroso em Malta, com temperaturas amenas comparando com os principais destinos da Europa, mas venta muito. A partir de maio, até início de outubro, os dias lindos e as temperaturas elevadas prevalecem.
Viagem para Malta
Julho e agosto são meses de altíssima temporada, onde os preços aumentam e as ilhas ficam lotadas. Para quem pretende fazer intercâmbio durante julho e agosto, saiba que há taxas extras de alta temporada.

Eu viajei para Malta final de setembro e achei o clima perfeito. Teve alguns dias de chuva rápida, mas no geral, o sol reinava, as temperaturas estavam altas e as praias ainda lindas. Se puder escolher, viaje   em junho ou setembro.
Viagem para Malta

Esse foi só o primeiro post sobre a minha experiência conhecendo esse lugar incrível que é Malta. Confesso que voltei completamente apaixonada pelo destino, já querendo repetir a experiência, mas na próxima vez com a família. Conta para mim, o que mais você quer saber sobre Malta?
Viagem para Malta


Para ver mais fotos e vídeos de Malta e dicas de Intercâmbio, nos siga no Instagram no perfil @Fran_Agnoletto, pela #ViagensQueSonhamosEmMalta 


Reserve sua viagem_______________
🏨 Reserve  HOTEL no BOOKING.COM, com cancelamento gratuito.
📍Compre INGRESSOS, com a TOURON. Evite filas e ganhe tempo.
💪Compre SEGURO VIAGEM com a SEGUROS PROMO. Cupom de desconto:  VIAGENSQUES5
🚘  Alugue  CARRO com a RENTCARS.
📱Compre CHIP DE CELULAR, com EASYSIM4U. Cupom de desconto: VIAGENSQUESONHAMOS10 

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Pesquise aqui qualquer conteúdo do Viagem que Sonhamos, tecle enter