12 janeiro 2018

Vale a pena alugar carro na África do Sul?

Alugar ou não alugar carro durante um roteiro pela África do Sul? Escutei muitas vezes essa pergunta, durante a nossa viagem pelo país. Nós nunca tivemos dúvidas, e estar com carro alugado sempre foi um fato que levamos em consideração no planejamento da nossa viagem. Em primeiro lugar, porque gostamos de fazer tudo no nosso tempo, e o carro nos da muita flexibilidade e liberdade nesse sentido, mas principalmente porque o nosso roteiro seria muito mais fácil e "rápido"de ser executado com um carro a nossa disposição.
Para conhecer todos os detalhes do nosso roteiro completo pelo país, leia o post 
Da para conhecer a África do Sul sem carro? Claro que sim, principalmente se o seu roteiro privilegiar cidades maiores, como Cape Town ou reservas privadas e hotéis de luxo com todas atividades incluídas que ofereçam translado de e para o aeroporto. Nesse caso, tenho certeza que o carro não fará falta, pois Cape Town está muito bem servida de transporte público, o Uber é barato e funciona muito bem, e carro a disposição é a última coisa necessária em um hotel de luxo.

Quanto custa alugar um carro na África do Sul |

Nós alugamos um carro médio, Fiesta, com a RentCars que é nossa parceira, e oferece aluguel de carro em vários destinos no Brasil e no mundo, com várias locadoras diferentes. Escolhemos a Europcar, pela tarifa e pela disponibilidade de retirar o carro em Port Elizabeth e devolver tem Cape Town.
Em novembro de 2017, pagamos o equivalente a R$ 900,00 para duas semanas de aluguel de carro, seguros e taxa de retorno do carro ao local de retirada, no caso Port Elizabeth. Esse valor pode ser parcelado, parte aqui no Brasil, sem cobrança de IOF (tudo feito pelo site da Rentcars) e o restante pago no momento no momento da devolução do carro lá na África do Sul. Nenhuma taxa extra foi cobrada adicional ao contratado.
No momento da locação foi solicitada apenas o voucher da reserva, carteira de habilitação e cartão de crédito para caução. A PID ( Permição Internacional para Dirigir ) não é obrigatória, mas nós sempre viajamos com o documento para evitar dor de cabeça, afinal na PID é que temos todos os dados da carteira de habilitação brasileira traduzidos e tecnicamente é o nosso documento internacional de habilitação.
Não custa lembrar que sempre é importante contratar seguro no momento da locação. Na África do Sul, nós perdemos a calota de uma das rodas do carro. Mesmo tendo o maior cuidado. Na verdade, nem percebemos quando isso aconteceu, só notamos a falta da calota quando chegamos no destino. Como tínhamos contratado seguro, não tivemos nenhum custo adicional com isso. Tivemos outro problema com o carro, na nossa viagem por Bonito e Pantanal, quando o pára brisas teve uma pequena lasca no vidro e a locadora queria nos cobrar um pára brisas novo. Foi só apresentar o comprovante do seguro e não tivemos nenhuma despesa extra. É aquele negócio, melhor prevenir do que remediar.

Estradas da África do Sul, pedágios, estacionamentos, GPS e preço do combustível |

Para os padrões brasileiros de estradas, as estradas da África do Sul são maravilhosas. Percorremos 2000 km nos quinze dias que passamos no país, e todas as estradas que passamos estavam em excelente qualidade, com asfalto em perfeitas condições, ótima sinalização e praticamente vazias. O único congestionamento que pegamos foi em um final de tarde chegando em Cape Town.

Durante o nosso roteiro pelo país, passamos apenas em dois pedágios e em ambos, as placas de sinalização iniciavam com muitos km de antecedência (em torno de 30-50km antes do posto de pedágio). Pagamos um pedágio de 45 Rands na N2, durante a Garden Route e outro pedágio de 45 Rands na  Chapmans Peak Drive, uma estrada cênica, próxima à Cape Town. Ambos os pedágios pagamos em moeda local.
O preço do combustível em novembro de 2017 estava na faixa  equivalente a R$ 3,20. Na África do Sul, os postos de combustíveis possuem frentista e o abastecimento funciona como aqui no Brasil. O frentista coloca o combustível e depois você paga a quantia total. Também é normal limparem os vidros do carro.
Optamos em não alugar GPS, pois preferimos utilizar o Google Maps e Waze no celular. Muito mais barato e uma coisa a menos para carregar. Para estarmos conectado, utilizamos o chip de dados da EasySim4U, que já tínhamos usado em vários outros destinos pelo mundo, e mais uma vez, ficamos super satisfeitos. Para comprar o chip de celular e receber na sua casa no Brasil, use esse link. Leitores que utilizarem o cupom VIAGENSQUESONHAMOS tem frete grátis.
Em relação aos estacionamentos varia muito de cidade para cidade. Nas cidades menores da Garden Route, por onde passamos, é bastante comum a presença de cuidadores de veículos pelas ruas e atrações turísticas, sempre devidamente identificados. Não há um valor fixo para pagamento, mas eles sugerem em torno de 10 ou 20 Rands. Esses cuidadores costumam trabalhar até às 16 horas. Após esse horário não há cobrança. Já em Cape Town é fácil encontrar grandes estacionamentos garagem, principalmente na região do V & A Waterfront e comprando com os preços de estacionamento aqui no Brasil, é muito barato. Para quatro horas de estacionamento, pagamos o equivalente à R$ 10,00.
Outro fator que é importante mencionar para quem estará com carro na África do Sul, é a marcação de proibido estacionar e parar que é utilizada tanto em rodovias quanto em cidades. É utilizada uma faixa vermelha pintada no chão, no local onde é proibido e em muitos locais acompanha de uma placa de proibido com a letra S, de stop.

Como é dirigir na mão inglesa na África do Sul |

Preciso mencionar que não foi a nossa primeira vez dirigindo na mão inglesa. Já tínhamos alugado carro na Austrália, na Inglaterra e também em Barbados, então não tivemos nenhuma dificuldade inicial. Após a nossa viagem à Barbados, escrevi o post "Como é dirigir na mão inglesa em Barbados"com várias dicas que valem para qualquer destino, onde se dirige do lado contrário.
Pelas estradas serem bem sinalizadas, em boas condições e o movimento de carros ser pequeno, dirigir na mão inglesa foi muito tranquilo. Os primeiros minutos são um pouco angustiantes, pois nosso cérebro está acostumado a fazer os movimento para o lado contrário, mas com alguns quilômetros rodados, é fácil se habituar.

  • Se tiver a oportunidade, alugue um carro com câmbio automático. Facilita muito não precisar fazer câmbio. Nós somos mão de vaca e sempre alugamos com câmbio manual, quando existe essa opção para economizar.
  • Fique atento e lembre-se que é preciso sempre manter a esquerda.
  • Não se desespere se ao invés de ligar a seta para indicar mudança de lado, você acionar o limpador de pára brisas ou se você for o motorista e querer entrar no carro pelo lado do passageiro. Isso acontece nas melhores famílias 😜

Um curiosidade que nos chamou a atenção e no início da viagem estranhamos, foi a quantidade de pessoas, na beira de rodovias com uma nota de dinheiro da mão. Demoramos para entender, até que uma pessoa nos explicou em um posto de combustível. Como as linhas de ônibus não raras (há mais opção de vans compartilhadas), eles utilizam carona paga e já ficam na rodovia com o dinheiro na mão, para mostrar que estão dispostos a pagar pela carona.
Nós adoramos a facilidade de estar com o carro. Sem dúvida, não teríamos conseguido colocar em prática o nosso roteiro, de outra maneira. Mas obviamente existem outras maneiras, como pacotes fechados com translado, ônibus e etc. Qual a sua preferência na hora de planejar os deslocamentos de um roteiro? Conta para a gente!
Para ver mais fotos e dicas, nos acompanhe no Instagram no perfil @Fran_Agnoletto e na #ViagensqueSonhamosNaAfrica
Outros posts sobre a África do Sul:
* África do Sul, roteiro de duas semanas, com dicas de deslocamentos, passeios e hospedagem
* Addo Elephant Park, safári na África do Sul
* Onde ficar em Plettenberg Bay | Hunter's Country House
* Hospedagem BBB em Cape Town 
* Swellendam, montanhas e história na África do Sul

Reserve sua viagem__________________________________
🏨  Reserve  HOTEL no BOOKING.COM, pagando em moeda local, com garantia de menor preço e cancelamento gratuito. Reserve seu hotel no HOTEIS.COM e pague parcelado em até 12 vezes em reais, sem cobrança de IOF.
📍Compre INGRESSOS, PASSEIOS e atividades com a TOURON, com garantia de menor preço e parcelamento em até 6 vezes no cartão ou boleto bancário. Evite filas e ganhe tempo.
💪Compre SEGURO VIAGEM com a SEGUROS PROMO. Utilizando o código VIAGENSQUES5, você recebe 5% de desconto adicional e ainda pode parcelar em até 12 vezes no cartão de crédito ou com 5% de desconto adicional no pagamento com boleto bancário. Lembre-se que o seguro viagem é OBRIGATÓRIO NA EUROPA, mas recomendado em todos os países do mundo. Conheça todos os detalhes importante na hora de contratar um seguro viagem e também as vantagens do plano Multi Trip para quem faz mais de uma viagem internacional por ano.
🚘  Alugue  CARRO com a RENTCARS, que possui os melhores preços entre várias locadoras do Brasil e do mundo. Pague em até 12 vezes no cartão de crédito ou com 5% de desconto no boleto bancário.
📱 Compre CHIP DE CELULAR para utilizar nos Estados Unidos e em outros 140 países, com a EASYSIM4U. Receba o chip na sua casa e instale assim que chegar no destino, sem burocracias ou perda de tempo. Utilizando o código VIAGENSQUESONHAMOS o frete é gratuito. Veja os detalhes da nossa experiência com o chip nos Estados Unidos e também durante um cruzeiro pelo Caribe.
SalvarSalvar

4 comentários:

  1. Francine, como vai? Viajo para a África do Sul no mês que vem e fiquei com algumas dúvidas em relação ao seguro e à franquia do carro. Nos sites que faço cotação falam em bloquear até R$ 8 mil do cartão. Outra coisa: você chegou a pagar um superseguro. Alguns seguros me parecem que não cobrem o valor total do carro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pedro,
      Foi bloqueado sim um valor no cartão no momento da retirada do veículo, mas tenho certeza que não foi tudo isso não. Tenho a impressão que foi algo torno de R$ 1000,00 . Nós sempre contratamos seguro convencional, contra terceiros e depois de um imprevisto que tivemos adicionamos também seguro de vidros.

      Excluir
  2. Bom dia,
    Tenho uma dúvida: Ficaremos apenas 4 dias e 5 noites em Cape Town. Não gostaria de alugar carro por todo o período pois acho que pagar estacionamento, não poder beber... não são vantagens. Estamos em 4 pessoas e acredito que o Uber nos atenda bem pelo que tenho lido por aí.
    Porém, para ir até o Cape of Good Hope e Boulder's Beach, gostaria de mais liberdade e não fazer esses passeios comprados com horários estabelecidos. Gostaria de saber se tem como alugar carro no V&A Waterfront na noite anterior (já pretendemos jantar por lá) e devolve-lo no outro dia a noite ou até mesmo no aeroporto.

    Existe agência pra aluguel de carro no V&A Waterfront?
    Acha que é válida essa ideia?
    Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fernanda, tudo bem?
      Olha, nós estivemos com o carro por todo o período e achamos excelente. Nosso hotel não cobrava estacionamento e os estacionamentos pela cidade são muito baratos. Devolvemos o carro no aeroporto, antes da volta.
      Não lembro se tem locadora de carro no Waterfront, mas se não tiver lá, depois ter em algum p'roxio pois a zona é bem turística.
      Recomendo demais fazer Cape of Good Hope e Boulders Beach por conta própria. E na volta, não deixem de percorrer a Chapman's Peak Drive, que vale a pena!!!
      Nós alugamos o carro pela RentCars: https://www.rentcars.com/pt-br/?requestorid=55

      Abraços,

      Excluir

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Pesquise aqui qualquer conteúdo do Viagem que Sonhamos, tecle enter