14 setembro 2018

Roteiro de 4 dias em Vancouver em família

Conhecer Vancouver era um sonho de viagem, que originalmente seria visitada junto com Seattle e um cruzeiro pelo Alaska. Os planos mudaram e surgiu a oportunidade de conhecermos Vancouver em uma viagem conjunta  com um dos destinos mais incríveis do país, as Montanhas Rochosas Canadenses, e para fechar com chave de ouro, de motorhome, que era outro sonho antigo.
Contei todos os detalhes de planejamento no post "Costa Oeste Canadense, do planejamento a realização de um sonho" e agora que voltamos de viagem, irei compartilhar os nossos aprendizados e descobertas pela cidade.
Viajamos para Vancouver no final de maio, início de junho e teoricamente já seria calor. Digo teoricamente, pois para nós, pobres gaúchos, ainda era frio. Embora que os canadenses estivessem todos de bermudas e sandálias, mesmo com uma média de 15 graus de temperatura. Tivemos muita sorte com o tempo. Mesmo com a temperatura não tão alta, os dias foram lindos e ensolarados. Choveu apenas na hora de voltar ao aeroporto.
Chegamos e saímos da cidade por via aérea, e em função disso solicitamos o visto eletrônico, chamado de ETA, que é bem menos burocrático e bem mais barato que o visto convencional.
Entre o dia da chegada e o dia de partida foram quatro dias na cidade. Foi pouco tempo, mas tempo suficiente para querer voltar. Na próxima, embarcaremos em um navio de cruzeiro tendo como destino o Alaska. Aguardem 😊

Programas imperdíveis em Vancouver |

  • Capilano Bridge Park
  • Fly Over Canada
  • Granville Island
  • Stanley Park
  • Vancouver Lookout
  • Gastown
  • Coal Harbour
  • English Bay
  • The Lookout
  • Grouse Mountain: que infelizmente não conhecemos pois o tempo fechou.

Nosso roteiro dia a dia em Vancouver |

Dia 01: O primeiro dia em Vancouver começou no início da tarde. Chegamos no aeroporto internacional vindo de Los Angeles com a American Airlines. Cansados, com mala e o fuso horário já anunciando a que vinha, achamos mais prudente e prático pegar um táxi até o hotel. Os táxis a partir do aeroporto são todos tabelados por área. Até a região do Stanley Park, onde ficava o nosso hotel, pagamos $ 37. Lembrando que todos os preços mencionados nesse post são em dólares canadense (que possui cotação inferior ao dólar americano), ok?
Acomodados no hotel, fomos caminhar para desbravar a cidade. De cara, nos encantamos. pela região: muito arborizada e tranquila. Fomos caminhando pela região de Coal Harbour, assistindo o vai e vem dos hidroaviões, curtindo os parques e a cidade verde. Coal Harbour foi a minha região preferida em Dowtownn Vancouver. O paisagismo é incrível, seja para ficar fazendo nada, caminhando, andar de bicicleta ou descansando nos lindos gramados.
Por indicação de um amigo do Ariel, jantamos no ótimo Cactos Café, um restaurante/bar de rede que possui várias unidades em Vancouver. Gostamos muito do cardápio, do ambiente e da vista de Coal Harbour. Não é um restaurante barato, mas valeu demais!
Dia 02: O segundo dia na cidade começou com a nossa ida ao Capilano Bridge Park, um parque lindo que fica pertinho do centro de Vancouver, em North Vancouver. Fomos até o parque utilizando o serviço gratuito que o parque oferece a partir de Downtown Vancouver. Serviço ótimo, super pontual e sem burocracia. Veja horários e locais de partida nesse link. Recomendo pegar o primeiro horário do transporte pois o parque é grande, e a partir da metade da manhã costuma lotar.
O Capilano Suspension Bridge  é uma das atrações mais fotografadas. A ponte suspensa fica a 70m de altura e transpõe um vão de 137m, sendo uma das maiores pontes desse gênero. Fora a ponte que já é uma atração em si, o parque é muito interessante e propõe contato com a natureza direto. nem parece que estamos a poucos minutos de downtown Vancouver.
Especialmente com crianças, o parque é muito bacana. para incentivar os pequenos aventureiros a percorrerem o parque, eles oferecem um livro de atividades chamado Rainforest Explorer. Quando o livrinho estiver completo, os pequenos recebem um brinde do parque. Dodô amou descobrir as pintas entre as árvores.
Nós ficamos uma manhã inteira no parque. Saímos do parque pelas 11h30 e seguimos de ônibus para o Waterfront Park. Andar de ônibus é muito simples. Para descobrir em qual ônibus teríamos que embarcar, utilizamos o Google Maps. Desembarcamos no Waterforn Park e ficamos apreciando a vista de downtown Vancouver. No local há um parquinho bem bacana para as crianças e muita área verde.
Fomos caminhando até o Lonsdale Quay Market, onde almoçamos camarão empanado e peixe frito com batata frita. Uma delícia.
Para voltar à downtown Vancouver utilizamos o Seabus, que é uma balsa que atravessa a baía. Rápido, prático, confortável e ainda por cima uma ótima oportunidade de curtir a vista. Não lembro ao certo  o valor do ticket. Compramos em máquinas antes de embarcar.
O terminal do Seabus fica em frente ao The Vancouver Lookout, a torre observatório que fica no Harbour Centre, um edifício alto e moderno, onde á possível avistar, do alto dos seus 177m de altura, a cidade de cima. Por sorte estava um dia lindo.
Depois de ver Vancouver de cima, fomos ao Canada Place, voar sobre o Canadá na atração Fly over Canada. Nós amamos. Para quem já foi aos parques da Disney, a atração é no estilo do Saorin sobrevoando todo o Canadá. Só aumentou a nossa vontade de conhecer mais desse país incrível.
Já era quase metade da tarde, quando encontramos o Rafa, amigo do Ariel que mora em Vancouver e nos guiou por um city tour a pé pela região central da cidade. Caminhamos muito, mas foi sensacional para desbravar a cidade. Passamos por Gastown, conhecendo a Water Street, o famoso relógio a vapor, a estátua de Gassy Jack, e o Triangular Building.
Atravessamos o centro de Vancouver conhecendo o BC Place Stadium, a biblioteca publica que é muito bonita, até chegar à Yaletown, o bairro da moda, onde ficam bares, restaurantes e cervejarias charmosas.
De lá seguimos uma caminhada deliciosa beirando o mar, desde o David Lam Park, passando por Sunset Beach e English Bay Beach. Engraçado ver como as praias de Vancouver são diferentes.
Foi um dia de muitos passeios. Caminhamos muito. Para quem vai com criança, como nós, a dica é entreter os pequenos durante o caminho. Dodô foi jogando Pokemon Go e graças ao jogo ele caminhou muito sem reclamar.
Dia 03: Depois do dia cheio de ontem, programamos passeios mais light. Acordamos, tomamos café com calma no hotel e fomos até a rua Denman St alugar bicicletas para um passeio pelo Stanley Park. Alugamos com a Yes Cycle Bike Rentals e adoramos o atendimento, além de ter funcionários brasileiros. O aluguel de 2 horas de uma bicicleta simples e uma dupla custou $40. Foi um passeio maravilhoso. se eu tivesse que indicar somente um passeio na cidade, seria dar a volta no Stanley Park de bicicleta.
Não deixe de parar nos pontos especificados no mapa distribuído na locadora das bicicletas, como apreciar a Lions Gate Bridge, o Brockton Lighthouse, a Third e Second beach entre tantos outros pontos interessantes.
Depois de devolver as bicicletas, fomos caminhando até a região de False Creek onde embarcamos nos barcos que fazem a travessia até Granville Island. Granville Islnad é um antigo bairro industrial que reúne atualmente diversas lojas, galerias de arte, restaurantes e mercados de comida, flores, artesanato e produtos diferenciados.
O local é tem um clima incrível com música, shows de artistas e coisas deliciosas para provar. Amamos os doces e sorvetes e foi em Granville Island que comemos a melhor "Poutine" da viagem.
No fim da tarde voltamos caminhando ao hotel, dessa vez passando pelo "miolo"de downtown Vancouver, conhecendo a Davie St, conhecida por ser gay-friendly e também a Robson St, com seu comércio e dezenas de lojas Tim Hortons.
Nossa dica é pare em uma Tim Hortons, que o Starbucks canadense e prove as suas delícias. Além de baratas são deliciosas. Amamos os donuts, os sanduíches e até as sopas. Impossível passar na frente e conseguir resistir.
Como durante o verão anoitece muito tarde, em torno das 22h, aproveitamos o por do sol na companhia da família Mala Inquieta que mora no Canadá e nos levou para conhecer o lindo Queen Elizabeth Park e também ao Garry Point, um parque maravilhoso que só quem tem a companhia de quem mora na cidade descobre. Obrigada Renata, pelo passeio!
Dia 04: Nosso último dia na cidade começou no Vancouver Aquarium. Não seria uma atração que eu visitaria, mas Dodô ama esse tipo de aquário e queria muito conhecer o da cidade. Realmente o aquário é enorme, cheio de atrações e muito bonito. Se estiverem com criança, inclua o aquário no seu roteiro. O almoço foi no aquário mesmo.
À tarde voltamos a outro local que amamos na cidade, o Coal Harbour. Ficamos horas sentados apreciando o vai e vem dos hidroaviões. Na próxima vez, farei um passeio com certeza.
E assim terminaram os nosso quatro dias na cidade. Final da tarde seguimos para o aeroporto, já que o nosso voo para Calgary, partiria de Vancouver às 20h30.
Foi pouco tempo? Na minha opinião, para conhecer o básico e a Regina centrar de Vancouver, foi perfeito, mas eu gostaria de ter ficado pelo menos mais 3 dias: um para fazer um bate e volta para Whistler, que todo mundo recomenda e parece ser lindo e mais dois para uma pernoite em Victoria Island, indo de hidroavião. Mas voltaremos, podem ter certeza!

Vancouver com crianças | O que fazer:

Foi pouco tempo para tudo o que gostaríamos de fazer na cidade, mas se você tiver maior disponibilidade de tempo, inclua no seu roteiro:
  • Capilano Bridge Park: Não esqueça de pegar o livrinho Rainforest Explorer. Dodô amou descobrir o parque em busca das tarefas.
  • Vancouver Aquarium
  • Passeio de bicicleta no Stanley park
  • Ceperley Kid's park, na Second Beach
  • Children's Water park, se viajarem no verão
  • Science World
  • Kid's Market: bacana para dias de frio e chuva. Tem vários brinquedos e lojas.

Onde se hospedar em Vancouver |

Como eu já contei no post "Onde se hospedar em Vancouver", achei o valor da hospedagem na cidade, extremamente cara na alta temporada. Depois de muita pesquisa, encontrei o Lord Stanley Suites on the Park, por uma preço OK e em uma localização maravilhosa, para um flat completo ( incluindo cozinha, e máquina de lavar e secar roupa), café da manhã e serviço de quarto.
Adoramos o hotel que escolhemos e ficaríamos hospedados novamente por lá. Veja valores e disponibilidade para o período da sua viagem, nesse link.
Outros hoteis bem recomendados são: Confort Inn Downtown, Blue Horizon Hotel, Best Western Plus Sands
Preciso comentar que eu excluiria  a região de Gastown para hospedagem. Achei extremamente turístico e com muitos mendigos. Fiquei super satisfeita com a região que escolhemos, próximo ao Stanley Park.
Para quem pretende alugar carro, uma opção mais econômica é ficar hospedado em North Vancouver : Best Western Capilano Inn e Confort Inn & Suites.


Para ver mais fotos, dicas e vídeos desse roteiro incrível que fizemos pelo Canadá, nos siga no Instagram no perfil @Fran_Agnoletto, pela #ViagensQueSonhamosNoCanada e nos vídeos salvos nos destaques.
Para salvar no Pinterest:
Assista aos vídeos do Canadá no YouTube:


Outros posts sobre a viagem pelo Canadá:
Reserve sua viagem__________________________________
🏨  Reserve  HOTEL no BOOKING.COM, pagando em moeda local, com garantia de menor preço e cancelamento gratuito.
📍Compre INGRESSOS, PASSEIOS e atividades com a TOURON, com garantia de menor preço e parcelamento em até 6 vezes no cartão ou boleto bancário. Evite filas e ganhe tempo.
💪Compre SEGURO VIAGEM com a SEGUROS PROMO. Utilizando o código VIAGENSQUES5, você recebe 5% de desconto adicional e ainda pode parcelar em até 12 vezes no cartão de crédito ou com 5% de desconto adicional no pagamento com boleto bancário. Lembre-se que o seguro viagem é OBRIGATÓRIO NA EUROPA, mas recomendado em todos os países do mundo. Conheça todos os detalhes importante na hora de contratar um seguro viagem e também as vantagens do plano Multi Trip para quem faz mais de uma viagem internacional por ano.
🚘  Alugue  CARRO com a RENTCARS, que possui os melhores preços entre várias locadoras do Brasil e do mundo. Pague em até 12 vezes no cartão de crédito ou com 5% de desconto no boleto bancário.
📱 Compre CHIP DE CELULAR para utilizar nos Estados Unidos e em outros 140 países, com a EASYSIM4U. Receba o chip na sua casa e instale assim que chegar no destino, sem burocracias ou perda de tempo. Utilizando o código VIAGENSQUESONHAMOS o frete é gratuito. Veja os detalhes da nossa experiência com o chip nos Estados Unidos e também durante um cruzeiro pelo Caribe.

2 comentários:

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Pesquise aqui qualquer conteúdo do Viagem que Sonhamos, tecle enter