03 março 2016

Maya Bay | Ainda é possível visitar esse lugar paradisíaco com tranquilidade e sem muvuca

Maya Maya, a famosa praia do filme "A Praia" protagonizado pelo Leonardo Di Caprio em 2000, é um dos destinos de praia mais paradisíacos da Tailândia. Localizado na ilha de Koh Phi Phi Leh, em frente a ilha de Koh Phi Phi Don,  é a ilha mais desenvolvida e onde os turistas se hospedam, pois em Maya Bay é proibido passar a noite.
Quando se fala em viajar para Tailândia, tenho a impressão que o destino mais comentado, que mais se encontra fotos é de Maya Bay, em Koh Phi Phi Leah. E talvez por essa overdose de imagens maravilhosas, Maya Bay era o meu destino mais sonhado na Tailândia.
Mas infelizmente o turismo de massa tem destruída muitas das experiências de quem sonha em conhecer o local. São muitos barcos de turistas chegando a todo momento, e dizem que em em alguns momentos não se encontra lugar na areia e no mar para aproveitar o local. Tristeza disso tudo. Eu tinha uma certeza queria ver a Maya Bay das fotos, linda e tranquila. E agora posso dizer para vocês, sim isso é possível, mas exige planejamento. 



A primeira dica é fuja dos speed boats  e barcos de excursão. Em todas agências que fomos, e mesmo no hotel nos ofereceram esse passeio. Os barcos vão lotados, as saídas tem horário marcado, o  custo é praticamente o mesmo de um barco particular, se você considerar dois adultos, como o nosso caso ( e de excursão, criança paga) e a grande furada de ir de excursão: a praia é delimitada, de um lado ficam as excursões e consequentemente é lotado de turistas, e do outro lado, ficam os barcos particulares, em uma zona tranquila, e "quase"privada.
O lado esquerdo da praia é delimitada para os barcos de excursão
Contratamos no dia anterior um barco particular por 1.500 THB, para meio dia de passeio no dia seguinte.  Como nós costumamos passar mal em passeios de barco, achei melhor optar por passeios de meio dia, para não ficar tão cansativo. Nós contratamos o barco, na beira da praia ao lado do nosso hotel - Leia "Bay View Resort | Review de hospedagem em Koh Phi Phi", para conhecer os detalhes do hotel onde ficamos - em uma espécie de associação de barqueiros, mas pelo centro existem vários locais onde os barqueiros oferecem seus serviços. Como sempre na  Tailândia, recomenda-se negociar,  mas nesse caso não teve muito choro não. 
Eu havia lido, que as melhores opções para evitar as aglomerações era visitar o local perto das 7h ou no final da tarde, quando os barcos de excursão já tivessem deixado o local. Tentamos marcar o passeio com saída às 7h, mas o barqueiro nos convenceu a sair às 8h da manhã, pois a maré estaria muito baixa as 7h e não seria possível sair de barco da praia em frente ao hotel e ainda não teria sol no local, o que faz toda a diferença na cor da água. 
Bom, ele nos convenceu e saímos às 8h. Passamos pela Viking Cave, que dizem ter ganho esse nome por ter desenhos de antigas embarcações viking, e depois seguimos direto para Pileh Lagoon, um lugar maravilhoso para mergulhar e ver muitos peixinhos. 



O visual é incrivelmente lindo. O barqueiro parou o barco ali e nós pulamos na água para mergulhar. Era possível ver os peixes de fora da água, de tão lindos, grandes e coloridos.

Depois seguimos direto para Maya Bay. Confesso que quando avistamos a baía, eu pensei: mas é só isso? O visual de Pileh lagoon tinha sido tão incrível, que em um primeiro momento eu me decepcionei. Mas foi só entrar na baía, para mudar completamente de ideia. A vista da praia em direção aos rochedos é indescritível, uma obra de prima divina. 


Local onde é paga a taxa ambiental
O barqueiro atracou o barco e nos orientou sobre o pagamento da taxa ambiental, paga-se 400 TBH por pessoa para usufruir da praia (criança não paga), por ser um parque nacional.
Como eu já comentei acima, a praia é dividida em dois lados. Em um dos lados, ficam atracados os barcos particulares, onde é bem tranquilo, e no outro, ficam atracados os barcos de excursões, onde é mega lotado.
A praia é linda, como eu já tinha visto milhares de vezes em  fotos. A cor do mar é algo indescritível, a temperatura da água gostosa. O difícil é ficar fora da água. Nós ficamos duas horas na praia, e então voltamos para Koh Phi Phi, para chegarmos de volta ao hotel, dentro das 5 horas contratadas de passeio.





Sem dúvida esse é "O"passeio imperdível para quem visita Koh Phi Phi. Não tem como ir até lá e não conhecer esse local tão incrível.
"Bar"em Maya Bay
#Dica 1: Não esqueça de levar algum lanche, água e muito protetor solar em uma mochila. No local existe um pequeno bar que vende alguns salgadinhos e bebidas, mas não possui muita variedade e os preços são altos. Não esqueça de levar uma toalha ou canga para esticar na areia e ficar só curtindo o visual.
#Dica 2: No dia que nós fizemos o passeio o mar estava bem tranquilo e ninguém enjoou. Mas no dia seguinte, quando fizemos outro passeio de barco, o mar estava mais agitado e nós todos ficamos muito, mas muito enjoados. Se você costuma enjoar, leve a medicação que já está habituado. Melhor prevenir do que remediar, não é mesmo?
Outra maneira de conhecer Maya Bay sem tumulto é contratando o passeio Sleep Aboard, onde você dorme em um barco atracado em Maya Bay e consegue aproveitar o por do sol, noite e início da manhã na praia. A Mari do blog Ideias na Mala, fez esse passeio e escreveu um relato super completo - leia aqui -  sobre a experiência.  Eu confesso que não tive vontade de fazer. prefiro o conforto de um hotel, mas pode ser uma boa ideia para os mais festeiros e aventureiros.
Quanto custa?
Barco privativo: 1500 TBH, para até 4 pessoas (criança não paga).
Ticket de acesso à praia: 400 TBH por pessoa ( criança não paga).

Para ver mais fotos, siga nosso perfil no Instagram - @Fran_agnoletto e a #ViagensqueSonhamosNaTailandia
Outros posts sobre a Tailândia:
* Visitando Ayutthaya | Patrimônio Mundial da Humanidade
* Como é o passeio ao mercado flutuante de Damnoen Saduak
* Bangkok | Roteiro de quatro dias, com dicas de passeios, locomoção e hospedagem
* Bay View Resort | review de hospedagem em Koh Phi Phi
* Tailândia com criança | Como montar roteiro de 12 dias que agrade a família inteira
* Onde comprar chip de internet e telefone na Tailândia
* Ásia com criança | Roteiro de 30 dias conhecendo Tailândia, Cingapura e Indonésia
* Maya Bay | Ainda é possível visitar esse lugar paradisíaco sem muvuca
* Passeio de elefante na Tailândia | Nossa experiência em Ao Nang
* Koh Phi Phi | Roteiro de quatro dias para aproveitar o melhor da ilha
* Railay Beach | Muito mais que uma praia bonita
Procurando hotel em Koh Phi Phi?
Use o banner localizado na lateral direita dessa página, ou esse link aqui. Reservando seu hotel através da nossa página você não paga nada a mais por isso, tem a garantia de menor preço do Booking.com e ainda fornece uma pequena comissão para o blog. Lembrando que a maioria da reservas são com cancelamento gratuito. Você pode reservar para garantir o preço, e continuar acompanhando as reservas. Se achar uma oferta melhor de outro hotel, é só cancelar a reserva, sem custo, online.

5 comentários:

  1. Oi Francine,
    Vim para olhar o tamanho das fotos e tive que deixar um alô!!
    Lindo post, lindas fotos!!! Um lugar de sonho mesmo!!!
    Beijos!
    Marcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marcia,
      Obrigada querida!!!
      Realmente é dificil tirar alguma foto feia nesse paraíso kkkk

      Beijos

      Excluir
  2. Oi Fran, perfeito o post! Adorei a dica do sleep aboard, bem a nossa cara, rsrsrsrs. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii,
      Verdade, a cara de vocês!!!
      Vocês iriam amar Phi Phi!!!

      beijos,

      Excluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Pesquise aqui qualquer conteúdo do Viagem que Sonhamos, tecle enter