1 2 3 4 5 6

terça-feira, 30 de agosto de 2016

Barbados, o que você precisa saber antes de viajar para a ilha do rum punch

Barbados é uma ilha do caribe, mas além de praias paradisíacas, a ilha  preserva sua história e cultura, herdada em mais de três séculos de colonização inglesa.
Não deve ser novidade para nenhum leitor a nossa preferência por destinos de praia. Barbados era a promessa de mar cristalino e calmo para snorkeling  conjugado com uma das melhores ondas das américas para surf.  Destino perfeito para um casal com gostos "praianos" diferentes.
Voltei e não sei até agora dizer qual a praia mais bonita da ilha. Barbados tem praias para todos os gostos e bolsos. Quase todas as praias são públicas. Barbados tem povo gentil, educado e simpático. Todos estão  sempre prontos a ajudar com um sorriso no rosto.
Passamos uma semana em Barbados e eu voltei apaixonada, me perguntando como não descobri Barbados antes.


Como chegar |
Nós viajamos Gol em um voo direto Guarulhos-Barbados que infelizmente acabou no dia 27 de agosto. Viajar em voo direto é sempre uma facilidade, ainda mais nesse caso, foi eram somente 5h30min de viagem.
O voo saía de Guarulhos aos sábados e retornava aos domingos, por isso quem viajava de Gol ficava no mínimo 8 noites na ilha. Me surpreendi positivamente com a Gol, pois havia lido várias queixas sobre os voos longos da empresa. O espaço entre bancos era confortável, em casa banco havia um kit de travesseiro e cobertor e foram servidos duas refeições a bordo: almoço com prato quente, massa ou frango, e lanche, sanduíche, um pouco antes de pousar. Não havia entretenimento a bordo, mas como eu já sabia disso, levei meu próprio entretenimento e as 5h30min passaram literalmente voando.
voo para Barbados

Com o fim do voo da Gol, a melhor alternativa passa a ser voar Avianca com escala em Bogotá, com saídas às quartas e sábados ou via Miami, onde a American Airlines opera voos diárias até Barbados.
O que você precisa saber antes de viajar |
Moeda: A moeda utilizada no país é o dólar barbadiano, que vale duas vezes o valor do dólar americano. A maioria dos hotéis faz troca de dinheiro e no aeroporto existe casa de câmbio, mas não é preciso trocar dinheiro, pois todos os locais aceitam dólares americanos. O que acontece é que você vai pagar com dólares americanos e vai receber o troco, em dólares barbadianos. Programe-se então para não sobrar muitos dólares barbadianos no final da viagem.
moeda em Barbados

No comércio em geral, restaurantes e supermercados os preços apresentados serão sempre em dólares barbadianos. Isso causa uma pequena confusão no início, mas depois a gente se acostuma. Alguns locais, apresentavam cardápio com valores nas duas moedas. Passeios são normalmente cobrados em dólares americanos, mas quando isso acontece é identificado como US $.
Visto e imigração: O país não exige visto para brasileiros, apenas é necessário apresentar passaporte válido e formulário de imigração preenchido frente e verso. Nós recebemos o formulário de imigração dentro do voo e ele não se difere muito dos formulários solicitados em outros países, solicitando informações como dados do voo, procedência, tempo de permanência no país, endereço de hospedagens e itens relacionados a bagagem. Não nos feita nenhuma pergunta pelo oficial de imigração. Ele apenas olhou os documentos e carimbou o passaporte. Após retirar a bagagem, passamos pela alfândega que ficou com o formulário de imigração e nos devolveu parte do formulário que deve ser devolvido na hora de deixar o país.
Febre Amarela: A única exigência do destino é o Certificado Internacional de Vacinação da Febre Amarela, que nos foi solicitado ainda no Brasil, durante o checkin. Li alguns relatos sobre os oficiais da imigração solicitarem o certificado, mas não foi o nosso caso. Se você ainda não tem o Certificado Internacional, pode fazê-lo os postos da Anvisa nos aeroportos. Leia mais informações aqui.
Direção e trânsito: Barbados teve colonização inglesa e uma das heranças foi a mão inglesa no trânsito. Não foi a primeira vez que dirigimos na mão inglesa, mas foi uma das vezes que dirigimos com mais tranquilidade. Não só pela experiência, mas principalmente pelo pouco movimento das vias e boas condições das estradas. Não deixe de alugar carro, só porque nunca dirigiu na mão inglesa. No início você irá se assustar, mas depois fica fácil. Vai por mim.
Dirigir em Barbados

Língua: Em Barbados se fala inglês, outra herança da colonização inglesa, portanto o inglês falado aqui é britânico, mas com um toque caribenho, digamos assim. Resumindo, achei difícil e demorei uns dois dias para treinar o ouvido e conseguir me comunicar com confiança. Não vá na esperança de falar espanhol, pois a comunicação é toda em inglês. Como simpatia é uma característica que o povo barbadiano tem de sobra, se não entender, peça para repetir devagar. Tenho certeza que na segunda tentativa conseguirá se comunicar.
Clima: Em Barbados é verão o ano inteiro. A média anual de temperatura é de 28 graus Celsius, e a época de chuvas é entre junho e novembro. Nós viajamos em agosto  e a previsão era de chuva todos os dias. Choveu em três dias, mas chuvas rápidas que não duraram 10 minutos, quase sempre de manhã cedo e depois abria um dia lindo.  Barbados está fora da rota de furacões.
Dirigir em Barbados

Como se deslocar |
Nós alugamos carro com a Sixt para todo o período da viagem. Retiramos o carro ainda no aeroporto no balção da Drive-A-Matic, que é a empresa parceira da Sixt em Barbados. O atendimento foi ótimo e nós achamos que foi prático e útil estar com o carro alugado toda a semana, pelo tipo de viagem que gostamos de fazer, que é de conhecer o destino e desbravar lugares novos.
Dirigir em Barbados

Mas se você deseja praticar nadaterapia e curtir apenas o hotel e o mar, você não precisa alugar carro, ou pode alugar apenas para os dias que deseja conhecer a ilha ou fazer outros passeios.
#Dica: Faça os cálculos para ver se compensa alugar apenas alguns dias e pagar táxi par achegar e sair do aeroporto. No nosso caso, compensou ficar com o carro a semana inteira.
Outras opções para pequenos deslocamentos são as vans compartilhadas que circulam pela ilha. O custo do trajeto é de $2 e todos que utilizaram disseram que é emocionante e parte da experiência de estar em Barbados: música alta e espírito de casa de mãe, sempre cabe mais um kkkkk A querida leitora Rafaela, contou sobre as vans no post que escreveu sobre a viagem deles à Barbados aqui no Viagens que Sonhamos. Leia o post "Barbados | Roteiro de uma semana pela ilha que mistura organização britânica com a descontração caribenha".
Outra opção são os ônibus amarelos que circulam pela ilha e funcionam mais ou menos no mesmo esquema e opção mais confortável são os táxis. No aeroporto os preços são tabelados, e eu até que achei os preços justos, mas em pequenos trajetos pela ilha ouvi relatos de cobranças absurdas, como $20 para aproximadamente 1km de deslocamento. Se for utilizar o serviço, pergunto o preço antes de embarcar.
Onde se hospedar |
Nós tivemos três experiências diferentes de hospedagem na ilha, justamente para conhecer mais locais e poder contar para vocês. Ficamos alguns dias em resort all inclusive e alguns dias em um apartamento completo dentro de um hotel. Além dos tipos de hospedagem serem diferentes, as localizações também eram.
A verdade é que toda costa oeste da ilha de norte a sul, é banhada pelo mar do caribe e tem praias lindíssimas. Eu apenas evitaria a costa leste, que é banhada pelo Atlântico e pico de surf, a não ser que fosse seja surfista e esteja indo a Barbados exclusivamente para surfar.
Surfar em Barbados
Bathsheba na costa leste

As praias mais ao norte do lado oeste, são mais calmas (toda costa oeste é clama, porém algumas tem uma pequena marolinha na beira) e são ótimas para mergulho com snorkeling.
Brown's Beach na costa oeste

Resumindo, para facilitar a sua vida, escolha a costa oeste e seja feliz. Economicamente falando, eu achei que o sistema all inclusive compensa, caso você consiga uma boa tarifa, pois a alimentação na ilha tem os preços altos. Uma refeição em restaurante dificilmente custará menos de $20 por pessoa sem bebida.
Nós ficamos hospedados nos hotéis abaixo e recomendamos todos. Como já falei acima, são hotéis diferentes, mas localizados em praias lindas, e com todo conforto que férias no caribe merecem.
Southern Palms Beach Resort:  Localizado ao sul da ilha, fica na região de St. Lawrence Gap, próximo a muitos restaurantes. O hotel fica me frente a linda praia de Dover Beach, que é quase exclusiva. O nosso quarto era um apartamento completo, com sala, cozinha equipada, sacada com vista para o mar, banheiro, quarto e até closet. Perfeito para quem viaja com crianças. O hotel tem piscina e uma área verde linda, com mini golfe e aparelhos de ginástica. É uma ótima opção para quem quer sossego e o conforto de um apartamento completo. Para ver disponibilidade, valores e reservas para o período da sua viagem, clique aqui.
Hotel em Barbados

Turtle Beach Resort: Também localizado ao sul da ilha, fica em frente a praia de Maxwell Beach. O hotel funciona no sistema all inclusive com todas bebidas e refeições incluídas, como também esportes não motorizados, como hobie cat, SUP e caiaque. Nosso quarto era maravilhoso, com sala e sacada com vista para o mar, banheiro imenso com banheira, quarto com armário e todo o conforto. O atendimento é nota 1000, desde o check in informal até o serviço de praia.
Para ver disponibilidade, valores e reservas para o período da sua viagem, clique aqui.
Hotel em Barbados
Crystal Cove Resort: Localizando na costa oeste da ilha, mais ao norte, fica em frente a uma praia particular que mais parece uma piscina. Local perfeito para snorkeling e esportes aquáticos.  O hotel também funciona no sistema all inclusive, com todas refeições e bebidas incluídas, esportes aquáticos, inclusive os motorizados, como esqui aquáticos, banana boat, entre outros. O hotel possui kids club e várias atividades para a família inteira curtir. Para ver disponibilidade, valores e reservas para o período da sua viagem, clique aqui.
Hotel em Barbados

Waves Hotel & Spa: Não ficamos hospedados no hotel, mas fomos convidados a conhecer suas instalações, o Waves pertence ao grupo Elegant Hotels, mesmo grupo dos dois hotéis acima mencionados. O Waves inaugurou no dia 15 de agosto e como devem imaginar, está tinindo de novo. A proposta é um pouco diferente dos hotéis anteriores, com uma característica de hotel hotel boutique, mas também funciona no sistema all inclusive, com refeições bebidas e esportes motorizados incluídos e alguns quartos, possuem o diferencial de serviço de Spa incluída na diária. Um luxo acessível.  Embora não seja o tipo de hotel que considero ideal para crianças, elas são bem bem vidas, mas o hotel é ótimo para lua de mel e descanso a dois, com direito a toalhinhas geladas para refrescar o calor na beira da praia. Lindo, serviço impecável e com excelente preço de lançamento. Para ver disponibilidade, valores e reservas para o período da sua viagem, clique aqui.
Hotel em Barbados

Amamos Barbados e esse é somente o primeiro post da série que começa hoje. Para ver mais dicas e fotos, siga nosso perfil no Instagram - @Fran_agnoletto e a #ViagensqueSonhamosemBarbados


Quer reservar hotel em Barbados?
Use o banner localizado na lateral direita dessa página, ou esse link aqui. Reservando seu hotel através da nossa página você não paga nada a mais por isso, tem a garantia de menor preço do Booking.com e ainda fornece uma pequena comissão para o blog. Se preferir você pode reservar através desse link com a Hoteis.com

10 comentários:

  1. Nossa, relaxei só lendo seu post! Agora mais um lugar para entrar na lista de desejos...
    Maravilhoso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Debora!
      Barbados é demais!
      beijão

      Excluir
  2. Que bom ler teu post e poder reviver os dias incríveis que passamos lá!
    Em super, hiper companhia.
    Bj

    ResponderExcluir
  3. Barbados deve ser uma delícia!
    Adorei as dicas!
    Uma pena que não tenha mais voo direto da GOL :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um apena mesmo Gabriela.
      O voo da Gola era uma facilidade e tanto.

      Beijos

      Excluir
  4. Ótimo post! Até mês passado não considerava seriamente conhecer Barbados (simplesmente pq tem lugar demais nesse mundo e tempo de menos hehehe. Mas AMEI suas fotos e adorei acompanhar a viagem pelo instagram!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fer,

      Isso é verdade: lugar demais e tempo de menos.
      Mas acredite: Barbados vale muito a pena!!

      Beijão

      Excluir
  5. Hummmm adorei as dicas. Achei o post muito legal pois estou desejando tanto um caribezinho na vida...

    ResponderExcluir

Booking.com
Viagens que Sonhamos © 2016 - Todos os direitos reservados.