Booking.com

19 maio 2018

Cape Town, roteiro de três dias com dicas de passeios e hospedagem

Arrisco dizer que Cape Town é a cidade mais visitada por brasileiros na África do Sul. Não é por menos. A cidade é linda, com aquele clima com a cara do Rio de Janeiro que a gente adora: praias, relevos, verde e pessoas simpáticas. Daria para passar tranquilamente uma semana curtindo a cidade. São muitas opções de passeios, roteiros, atrações e bate e voltas possíveis a partir de Cape Town. Infelizmente nós só tivemos 3 dias inteiros para curtir a cidade. Foi pouco tempo, mas tempo suficiente para aproveitarmos as melhores atrações da cidade.

Roteiro dia a dia em Cape Town |

Dia 01: Muizenberg Beach - Boulder's Beach - Cape Point - Peakmans Drive
O nosso primeiro dia em Cape Town foi dedicado às atrações fora da cidade. Como a noite anterior havido sido na região vinícola, seria mais prático conhecermos Cape Point e as atrações próximas, pois seria praticamente caminho.
Saímos antes das 9h da manhã de Stellenbosh em direção à Muizenberg beach, a famosa praia com as casinhas coloridas, que é cartão postal do local. Dizem que a água morna atrai muitos surfistas e veranistas, mas a verdade é que tinha tanto vento, no dia da nossa visita, que literalmente comemos areia e foi impossível colocar os pés na água. É preciso confessar que o colorido das casinhas deixa o visual incrível, mesmo com vento forte.


De Muizenberg seguimos para Boulders Beach, a famosa praia dos pinguins, que é parte do Table Mountain National Park e possui entrada paga. O acesso é bem sinalizado, com estacionamento amplo e todo percurso a pé, feito em passarelas sobre a areia. São duas possibilidade de chegar perto dos pinguins: literalmente na praia, onde há menos pinguins, mas há a possibilidade de nadar com eles no mar, ou através da passarela que vai até a colônia de pinguins. Nesse caso, não é possível pisar na areia, mas sim, vê-los bem próximos. É uma fofura e rende lindas fotos.
Depois dos pinguins seguimos para Cape Point. O percurso de Boulders até lá é muito bonito. Diferente do que eu imaginava, o parque é imenso, com várias trilhas e percursos, tanto para fazer a pé, quanto de carro.
Claro que o mais famoso deles é o Cabo da Boa Esperança. E que ventania que pegamos lá. Quase saímos voando mas garantimos a foto.
Nossa ideia era almoçar no parque, mas o restaurante era caríssimo. Acabamos fazendo um lanche e seguimos na trilha de Cape Point, visitamos a loja de souvenirs e passeamos pelo parque.
O trajeto para Cape Town foi pela Chapman's Peak Drive,  uma rodovia que vai beirando o mar, com paisagens de tirar o fôlego. Há pedágio no trajeto (não é caro) e vários mirantes onde é possível parar para fotos.
Chegamos no hotel cansados, mas ainda garantimos o final de tarde no V & A Waterfront, mistura de shopping, parque e pronto turístico em Cape Town.

Dia 02: Jardim Botânico Kirstenbosch - Table Mountain - Signal Hill
O segundo dia em Cape Town iniciou lindo e fomos direto ao jardim botânico Kirstenbosch. Passamos quase toda a manhã por lá, mas dava para ter ficado o dia inteiro. O local é lindíssimo.
Um dos lugares que mais gostamos foi o Tree Canopy Walkway, uma passarela suspensa, no nível da copa das árvores com 130m de percurso. O percurso é sinuoso e acompanha o movimento das montanhas e vegetação próxima. Imperdível.
Como o dia estava lindo, corremos para a Table Mountain. Aliás, nós e todos os turistas que estavam em Cape Town, já que nos dias anteriores a Table Mountain estava fechada pelas condições climáticas, não favoráveis. Ficamos 2h na fila, mas quando chegamos lá em cima, vimos como valeu a pena. A vista é magnífica, para qualquer ângulo. Simplesmente incrível.
Para visitar a Table Mountain com menos fila, não seja ansioso como a gente. Programe-se para visitar a partir das 15h, que foi o horário que deixamos o local e estava quase sem fila. Ah, e lembre-se de comprar os tickets com antecedência, para evitar outra fila.
Depois de estarmos maravilhados com a Table Mountain fomos curtir a tarde em Signal Hill. A vista é igualmente linda, tanto da cidade, quando da Table Mountain e lá, ainda vendem um donuts divino.
Nosso percurso continuou pelas praias de Cape Town, que me lembrou bastante Miami Beach. Passeamos por Camps Bay, Clifton, Queens, até Green Point, onde há parquinho infantil e muita área verde para as crianças brincarem próximo ao farol.
À noite fomos jantar próximo ao nosso hotel.

Dia 03: Bo Kaap - Waterfront
O terceiro dia em Cape Point iniciou em Bo Kaap, o bairro das casinhas coloridas. Localizado na base do Signal Hill, o Bo Kaap é um bairro de maioria muçulmana, e representa muito da história da cidade. Caminhamos pelas ruas, presenciamos o dia a dia dos moradores locais e apreciamos o colorido das construções.
Depois seguimos novamente para o V & A Waterfront, lugar onde tudo acontece em Cape Town. Dessa vez para explorar quase todo o local, que é imenso. O Waterfront é repleto de restaurantes, lojas, shopping, a famosa roda gigante que já é símbolo da cidade, palco de pequenos shows, foodmarket, artesanato, Two Ocean Aquarium e local para apreciar a Table Mountain.
Com certeza será seu destino em vários momentos durante o seu tempo na cidade e foi nosso lugar preferido para jantar. Muitas opções de cardápios e restaurantes.
Um dos locais que eu adorei conhecer foi o Watershed, um pavilhão. onde mis de 150 espaços expõem roupas, brinquedos, joias, artesanatos e peças de design diferenciadas sul africanas. Eu quase enlouqueci com tantas cores e não resisti aos tecidos multicoloridos sul africanos. Trouxe uma saia linda para casa.
Enquanto eu me divertia no Watershed, os meninos foram ao Two Ocean Aquarium. Dodô adorou o passeio e o cinema 4D.
E assim terminaram os nossos dias em Cape Town. Foi pouco tempo, mas suficiente para termos adorado a cidade. No dia seguinte, acordamos e fomos direto ao aeroporto, para iniciarmos o nosso retorno ao Brasil.

Dicas práticas para conhecer Cape Town |

  • Nós alugamos carro e foi excelente. Os estacionamento são baratos e fácil de encontrar, sendo muito deles gratuitos, como na Table Mountain. Reservamos o carro pela RentCars, retirando no início da viagem em Port Elizabeth e devolvendo no aeroporto de Cape Town, antes do nosso voo de volta. Contei todos os detalhes e as vantagens de alugar carro na África do Sul nesse post.
  • Fizemos o trajeto até o aeroporto às 5 horas da manhã e demoramos em torno de 15 minutos no percurso. Se o seu voo for durante o dia ou no início da noite, não esqueça que congestionamentos são frequentes no início do dia e no meio da tarde. Em algumas vias expressas, pegamos muito congestionamento.
  • O Waterfront foi o nosso local preferido para fazer as refeições. São vários restaurantes com cardápio bacana.
  • Se você estiver na África do Sul apenas para conhecer Cape Town, não deixe de fazer um bate e volta pela região vinícola do país. As vinícolas são lindas e o passeio maravilhoso.
  • Diferente das outras cidades onde passamos, há muitas opções de câmbio em Cape Town, inclusive na região de Waterfront.
  • As famosas molduras com a Table Mountain de cenário garantem lindas fotos. Nós cruzamos por três locais com molduras: Signal Hill, e dois pontos no V & A Waterfront.
  • Se você ficar vários dicas na cidade, a dica para evitar grandes filas na Table Mountain é ir na atração na primeira oportunidade de dia limpo, em torno das 15h da tarde, que é quando o movimento é menor. Nós fomos pela manhã, com medo que tempo fechasse, pegamos intermináveis duas horas na fila. Ah, e compre o ingresso antecipado, para evitar fila extra.
  • Quando for à Table Mountain, não se assuste ao ver tantos carros estacionados na via que dá acesso até ela. Na base do morro, há um amplo estacionamento (afastado do ponto de acesso à tabela Mountain), mas com transporte gratuito até lá.
  • Cape Town, foi o nosso último destino durante roteiro pela África do Sul. Foi inevitável compararmos os preços, principalmente hospedagem e alimentação, em relação às outras cidades por onde passados. Os preços em Cape Town são bem mais altos, mas mesmo assim atrativos em comparação ao mesmo padrão, seja de restaurante ou de hospedagem, brasileiro.

Onde se hospedar em Cape Town |

Nosso hotel em Cape Town foi praticamente um achado.  Enquanto eu pesquisava sobre a cidade e analisava opções de hospedagem, fiquei chocada com o alto preço dos hotéis, em comparação as outras cidades por onde passaríamos. Cape Town é uma cidade com custo bem superior em relação a região da Garden Route, por exemplo.
Mas entre pesquisas, descobri o simpático e bem localizado House on the Hill, um bed & breakfast com quartos triplos, a preço de banana para a região onde está localizado. Pagamos pouco mais de $50 por diária, uma verdadeira pechincha frente aos outros hotéis que estava olhando na região.
O hotel está localizado próximo a muitos restaurantes, mercado, padarias e a menos de 10 minutos de caminhada do Waterfront, em uma rua muito tranquila, com estacionamento. Contei todos os detalhes do hotel e da nossa hospedagem nesse post e você consultar nesse link valores e disponibilidade para o período da sua viagem.
Para ver mais fotos e dicas, nos acompanhe no Instagram no perfil @Fran_Agnoletto e na #ViagensqueSonhamosNaAfrica
Outros posts sobre a África do Sul:
Reserve sua viagem__________________________________
🏨  Reserve  HOTEL no BOOKING.COM, pagando em moeda local, com garantia de menor preço e cancelamento gratuito.
📍Compre INGRESSOS, PASSEIOS e atividades com a TOURON, com garantia de menor preço e parcelamento em até 6 vezes no cartão ou boleto bancário. Evite filas e ganhe tempo.
💪Compre SEGURO VIAGEM com a SEGUROS PROMO. Utilizando o código VIAGENSQUES5, você recebe 5% de desconto adicional e ainda pode parcelar em até 12 vezes no cartão de crédito ou com 5% de desconto adicional no pagamento com boleto bancário. Lembre-se que o seguro viagem é OBRIGATÓRIO NA EUROPA, mas recomendado em todos os países do mundo. Conheça todos os detalhes importante na hora de contratar um seguro viagem e também as vantagens do plano Multi Trip para quem faz mais de uma viagem internacional por ano.
🚘  Alugue  CARRO com a RENTCARS, que possui os melhores preços entre várias locadoras do Brasil e do mundo. Pague em até 12 vezes no cartão de crédito ou com 5% de desconto no boleto bancário.
📱 Compre CHIP DE CELULAR para utilizar nos Estados Unidos e em outros 140 países, com a EASYSIM4U. Receba o chip na sua casa e instale assim que chegar no destino, sem burocracias ou perda de tempo. Utilizando o código VIAGENSQUESONHAMOS o frete é gratuito. Veja os detalhes da nossa experiência com o chip nos Estados Unidos e também durante um cruzeiro pelo Caribe.

SalvarSalvarSalvarSalvar

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Pesquise aqui qualquer conteúdo do Viagem que Sonhamos, tecle enter